Banner Rodeio Saúde
Banner educação Rodeio
PlayPause
previous arrow
next arrow

Justiça condena vereador depois de agressões, ameaça de morte e perseguição, ao pagamento de indenização a sua ex-companheira

Por Judson Lima

gulamania
Banner educação Rodeio
PlayPause
previous arrow
next arrow

MATEANDO – A juíza Horacy Benta de Souza Baby, da 1ª Vara Cível da Comarca de Indaial , condenou o vereador Diego Pandini, conhecido como Diabo Loiro, ao pagamento de R$ 80 mil reais em Ação de Indenização por Danos Morais a sua ex-companheira e ex-assessora parlamentar Monyke Macley Kloehn Fiebes , depois de agressões físicas, psicológicas, inclusive públicas, no interior da sede do legislativo municipal, ameaça de morte e perseguição, cita a magistrada na sentença proferida nesta segunda-feira (29). Henrique Klock é o advogado de Monyke na ação.

A juíza Horacy Benta de Souza Baby descreveu na sentença;

De toda maneira, as provas colacionadas aos autos não deixam dúvidas que as agressões (físicas e psicológicas) imputadas ao réu foram por ele praticadas

Além disso, é necessário demover o autor do pensamento de que a exposição dos fatos em juízo “não daria em nada“, conforme afirmado pela autora na inicial.

O raciocínio não é de se estranhar, considerando o número de processos que Diego possui em deu desfavor.

Por fim, mas não menos importante, é preciso considerador que Diego é um vereador, e deveria dar exemplo de conduta ao invés de aparecer seguidamente nas páginas policiais. Deveria estar mais preocupado em defender o interesse coletivo, fazendo jus à confiança depositada pelos munípes, no lugar de dedicar seu tempo à prática da violência, ainda mais utilizando um espaço que não é seu, mas público, para isso. Diego envergonhou o legislativo municipal, que, com tais episódios, perde ainda mais a credibilidade junto ao povo.

Assim, considerando todo o contexto dos fatos, especialmente o dolo e a gravidade das agressões, ao mesmo tempo físicas e psicológicas, perpetradas pelo réu, em atitude de total destempero e incivilidade, bem como as condições econômicas das partes, tenho que o valor pedido pela autora é razoável para atenuar o sofrimento por ela experimentado, servindo, igualmente, ao seu propósito pedagógico  de punir e  prevenir.

Sentença TJSC
Sentença TJSC

 

A reportagem do site Vale do Itajaí Notícias manteve contato com o vereador Pandini, mas não tivemos retorno. A assessoria parlamentar informou que Pandini estava em agenda de atendimentos, segundo consta o vereador deve recorrer da sentença.

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.