Vale do Itajaí Notícias
A notícia além do olhar técnico!
banner agosto Indaial
banner agosto Indaial
PlayPause
previous arrow
next arrow

Vereadores mirins aprovam dois requerimentos na sessão desta segunda-feira

BANNER CAMARA DE TIMBO JULHO
banner rodeio julho
BANNER SITE FESTA PER TUTTI 1200X200px
banner chutze
PlayPause
previous arrow
next arrow

BLUMENAU – A Câmara Mirim de Blumenau realizou, na manhã desta segunda-feira (2), a quinta sessão ordinária do ano. A reunião, que aconteceu no plenário da Câmara, contou com as presenças do representante do Movimento Maio Amarelo de Blumenau, Paulo Roberto Kramatscheck e dos suplentes de vereador mirim Laís Leite Hadlich, da Escola de Educação Básica Padre José Maurício, e Lucas Lara Velho, da Escola de Educação Básica Pedro II, que ocuparam a Tribuna Livre da Câmara Mirim. Logo após, os vereadores mirins fizeram seus pronunciamentos na tribuna, e discutiram, votaram e aprovaram dois requerimentos constantes na Ordem do Dia.

O representante do Movimento Maio Amarelo de Blumenau, Paulo Roberto Kramatscheck, lembrou que em 2011 a ONU deliberou sobre a criação do Movimento Maio Amarelo. Apontou que essa deliberação previa diversos atos que deveriam ser aplicados pelas populações mundiais no sentido da diminuição do número de mortes no trânsito. Entre eles estavam a melhoria da condição de segurança dos automóveis no sentido de preservar a vida do ocupante pelas concessionárias e fabricantes de automóveis; os poderes executivos de todo mundo deveriam aprimorar as sinalizações de trânsito e modernizá-las, no sentido de preservar a vida da população e as Casas Legislativas do mundo deveriam criar leis e aprimorar as leis de trânsito em prol da preservação da vida. Já para a sociedade seria a conscientização das leis de trânsito, o respeito ao próximo, preservando a vida no trânsito.

Ressaltou que em Blumenau o movimento começou por voluntários em 2012 e desde lá foram feitas ações nas escolas, universidades e em outros ambientes, buscando a conscientização da população e levando a mensagem da preservação da vida. Lamentou que mesmo após 10 anos de movimento na cidade ainda não se chegou à meta esperada, que seria de zero mortes no trânsito. “Ainda não chegamos ao nível que gostaríamos, que seria de nenhuma pessoa morta em acidente de trânsito. É um sonho a ser almejado, essa é a nossa uma busca incessante e diária. Isso depende, principalmente, de cada um de nós, das nossas atitudes, da nossa forma de agir e reagir em relação ao trânsito, não só a respeito da legislação, mas de preservação da vida, evitando a competição entre os agentes do trânsito”, apontou. Ressaltou que os vereadores mirins são privilegiados, pois desde cedo têm a oportunidade de ter discussões sobre trânsito nas escolas e em outros ambientes, o que não havia na sua época, oportunizando as pessoas a ter uma nova mentalidade e consciência sobre o assunto.

A suplente mirim Laís Leite Hadlich, representante da Escola de Educação Básica Padre José Maurício, fez um discurso em homenagem ao Dia do Trabalhador, comemorado em 1° de maio. Agradeceu aos trabalhadores do município e do país. Apontou que faça chuva ou faça sol os trabalhadores se levantam diariamente em busca de um futuro melhor. Disse que eles enfrentam trânsito, ônibus, para levar os filhos na creche ou escola e chegar no trabalho e lá fazer o seu melhor. “No fim do dia ainda chegam em casa e precisam lidar com tarefas domésticas, cuidar dos filhos. A vida de trabalhador não é fácil, mas nas horas de glória e de triunfo, assim como nos momentos de sofrimento e de perseguições, os trabalhadores foram sempre fiéis e valorosos. Os trabalhadores nunca nos decepcionam. Cada trabalhador é especial, cada um é bom de uma forma, todos são diferentes, mas ainda assim são bons no que fazem e buscam a chance de uma vida melhor, de um futuro promissor”, salientou, declarando uma mensagem feita por Getúlio Vargas em seu discurso do Dia do Trabalhador de 1951.

O suplente de vereador mirim Lucas Lara Velho, da Escola de Educação Básica Pedro II, apresentou imagens de algumas demandas e reparos necessários na sua escola. Lembrou que, em 2020, o educandário passou por uma reforma, mas que o espaço está precisando novamente de manutenção. Citou a necessidade de reforma e reparos na instalação elétrica, nos telhados, na pintura das paredes que possuem infiltrações, entre outros itens. “Mesmo após as reformas, o telhado do ginásio necessita de reparos, pois possui infiltrações e, consequentemente, em dias de chuvas a quadra fica praticamente inutilizável. A parte elétrica do ginásio também precisa de reforma, pois está totalmente sem proteção e bem precária. Já na parte externa do ginásio não há nenhuma iluminação, o que pode ocasionar acidentes. Algumas paredes da instituição estão com bastante infiltração, precisando de reparos, além de serem necessários reparos na parte elétrica da escola, pois existem fios expostos que colocam em risco a segurança dos funcionários e estudantes”, ressaltou, acrescentando também que foi retirada a cobertura do pátio da escola até o portão principal.

Logo após, os vereadores mirins titulares utilizaram a tribuna para seus pronunciamentos. Foi feito um alerta sobre a dengue em Santa Catarina, a apresentação de uma iniciativa de um projeto escolar, falaram sobre a ansiedade e sobre a poluição de córregos e ribeirões de Blumenau, bem como sobre o sistema de coleta e tratamento de esgoto. Também foi feita a reivindicação de reforma e ampliação do parque da escola Patrícia Helena Finardi Pegorim e detalhada a situação precária nas instalações do prédio da escola Pedro II, pedindo uma nova reforma no educandário.

Durante a Ordem do Dia, os vereadores mirins discutiram e votaram os requerimentos de N°s 16 e 17 de 2022. Os documentos foram aprovados.

A próxima sessão ordinária mirim será realizada no dia 16 de maio, às 15h, na Câmara Municipal. 

Requerimentos aprovados:

Requerimento N° 16/2022 – De autoria da vereadora mirim Maria Eduarda Coelho, que pede providências no sentido de realizar pavimentação correta na emenda da ponte Dois de Setembro, logo após a Paralelo Embalagens. O pedido se faz necessário tendo em vista que a antiga correção foi feita, porém, ainda causa desconforto ao passar por tal via.

Requerimento N° 17/2022 – De autoria do vereador mirim Matheus Bryan Nowasky, que pede providências no sentido de reformar e ampliar o parque da E.B.M.B. Patricia Helena Finardi Pegorim. O pedido se faz necessário tendo em vista que o local é muito utilizado na escola, principalmente pela educação infantil, que tem alunos de 5 e 6 anos. A situação do parque está precária, os brinquedos estão estragados, as cercas e o portão precisam ser trocados, dentre vários outros defeitos, gerando até algum risco. Além destes problemas, temos poucos brinquedos nele.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Câmara Municipal de Blumenau

você pode gostar também
BANNER SITE FESTA PER TUTTI 1200X200px
banner chutze
banner rodeio julho
PlayPause
previous arrow
next arrow
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.