UNIMED---50-anos
Banner Indaial
Banner Rodeio Saúde
Bella Cittá Rodeio
PlayPause
previous arrow
next arrow

Uma das maiores urbanizadoras do país anuncia chegada ao Vale do Itajaí

Com expertise no desenvolvimento de bairros planejados e home resorts, além de projetos assinados por grandes nomes da arquitetura mundial, a Idealiza se prepara para desenvolver seu primeiro empreendimento em solo catarinense

gulamania
Banner Rodeio Saúde
PlayPause
previous arrow
next arrow

SANTA CATARINA – Fundada em 2005 e com projetos de urbanismo em diversas regiões do país, a Idealiza anuncia sua chegada a Santa Catarina, mais especificamente, ao Vale do Itajaí. A companhia vem planejando seu primeiro empreendimento na região desde 2012, quando adquiriu um terreno de 800 mil metros quadrados –  uma das maiores áreas disponíveis no perímetro urbano nas cidades que compõem a região.

A empresa, que tem sede em São Paulo (SP), já projetou e entregou 2,92 milhões de metros quadrados de urbanização e tem em seu land bank (áreas contratadas para novos projetos) mais 6,54 milhões de metros quadrados. Ambos compreendem empreendimentos em São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Sergipe e Amapá.

O primeiro empreendimento catarinense vai representar, segundo a companhia, um investimento de R$ 50 milhões em obras de infraestrutura. “Um dos nossos diferenciais é a atuação em todo o ciclo do projeto. Somos investidores, urbanizadores e incorporadores. Entendemos que atuamos na transformação dos endereços a longo prazo. Não olhamos apenas o valor presente e de curto prazo de um empreendimento, mas também temos foco na evolução patrimonial de longuíssimo prazo, porque acreditamos que transformamos os espaços e fortalecemos novas formas de morar, novos padrões de viver e conviver”, analisa Fabiano de Marco, sócio da companhia.

Impacto econômico – projeto vai movimentar pequenos negócios ligados à construção

Além dos R$ 50 milhões em investimentos em infraestrutura, a Idealiza prevê que o empreendimento catarinense movimente cerca de R$ 650 milhões na economia local. “Essa projeção leva em consideração as obras que surgirão após o lançamento do empreendimento, com a compra de insumos para construção, jardinagem, acabamentos e projetos, o que impacta diretamente nos pequenos negócios da região”, avalia Fabiano. A companhia projeta ainda o surgimento de mais de 6 mil empregos diretos temporários nos próximos anos, impulsionados pelo lançamento do empreendimento.

Reconhecimento nacional e arquitetura icônica

Com o conceito de urbanismo feito à mão, a Idealiza projeta em cada localidade um espaço diferente, que ressignifique a maneira de viver, valorize a identidade, promova a cultura regional e preserve a natureza. Em Santa Maria (RS), criou o Estância dos Montes Home Resort. Todos os 466 terrenos do empreendimento, lançado no início deste ano, foram comercializados em menos de seis horas, ou seja, uma venda a cada 46 segundos. O VGV – valor geral de vendas – foi  de R$ 158 milhões, sendo 16% dos pagamentos à vista e o prazo médio de recebimento de 36 meses. O empreendimento concorre ao maior case de vendas do país no Prêmio Master Imobiliário, considerado o mais relevante do setor, realizado pelo Fiabci-Brasil (Capítulo Brasileiro da Federação Internacional das Profissões Imobiliárias) e o Secovi-SP (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo)., com divulgação prevista para outubro.

Já em Macapá (AP), a Idealiza projetou o Palácio das Águas, home resort que conta com bar, car wash e spa. O local possui 400 mil metros quadrados e 75% a mais de área verde do que projetos similares na região. A companhia foi responsável também pelo desenvolvimento do Bairro Parque Una, em Pelotas (RS),  com mais de 300 mil metros quadrados. O playground do espaço foi a primeira obra na América Latina com assinatura do icônico escritório de arquitetura holandês Carve. O projeto foi vencedor da categoria Melhor Projeto de Loteamento da edição de 2019 do GRI Awards, maior reconhecimento brasileiro do mercado imobiliário.

Fonte:trevocomunica.com

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.