A notícia além do olhar técnico!

Três são condenados por homicídio duplamente qualificado em Blumenau

1

BLUMENAU – Três jovens com idade entre 19 e 24 anos acusados de torturar Pedro Paulo Sassemann, de 49 anos, e depois executá-lo a tiros em um matagal no bairro Itoupava Central, onde o corpo foi encontrado, foram condenados nesta quarta-feira (5/12) à tarde durante sessão do Tribunal do Júri na comarca de Blumenau.

O trio foi condenado pela prática do crime homicídio duplamente qualificado – qualificadora do recurso que dificultou a defesa da vítima e de motivo torpe. Carlos Antonio dos Santos e Luan de Campos foram condenados a 12 anos de reclusão em regime inicialmente fechado. Willian Cardoso dos Santos foi condenado a 16 anos de reclusão, em razão da reincidência, também em regime inicialmente fechado.

Segundo denúncia do Ministério Público, o crime ocorrido entre o dia 21 e o dia 23 de dezembro de 2017 em Blumenau foi motivado pelo fato do homem ter furtado dinheiro da mãe de Carlos. Em juízo, o jovem assumiu a autoria do homicídio e disse que a vítima teria ameaçado esfaquear sua mãe. Outro réu assumiu apenas ter agredido o homem, mas disse não ter participado da execução. O terceiro negou a participação no caso.

Um vídeo com a tortura física e psicológica da vítima foi encontrado em um celular apreendido pela Polícia Civil. O julgamento do trio foi presidido pelo juiz de Direito da 1ª Vara Criminal da comarca de Blumenau, Juliano Rafael Bog

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.