A notícia além do olhar técnico!

Torneio de tênis profissional em Santa Catarina conta com R$ 40 mil em premiações

Copa Ivory acontecerá em Blumenau (SC), de 28 de novembro a 1º de dezembro

BLUMENAU – Atletas profissionais de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Pará e Rio Grande do Sul estarão reunidos no fim deste mês para uma grande disputa. A Copa Ivory de Tênis chega a Blumenau (SC) entre os dias 28 de novembro e 1º de dezembro com uma premiação de R$ 40 mil. O torneio, organizado pela Federação Catarinense de Tênis (FCT), acontecerá nas quadras do Tabajara Tênis Clube.

Foto: Hugo Rafael

O campeão da edição de 2018, Igor Ribeiro Marcondes, conta que vem com tudo para defender o título. “Estou muito feliz com minha volta para Blumenau. Me senti muito bem e acolhido na cidade. É um torneio difícil, mas estou confiante. Vou dar meu máximo e pensar jogo a jogo, pois tem tudo para dar certo”, diz. Natural de Caraguatatuba, Marcondes treina atualmente em Itajaí (SC) e está em Monastir, na Tunísia, em busca de mais prêmios. Ele retorna para o Brasil direto para a Copa Ivory.

Os tenistas poderão disputar em duas chaves: principal e qualifying. O campeão de cada categoria contabiliza 200 pontos no ranking nacional, o vice-campeão 160, atletas que forem para as semifinais somam 100 pontos e aqueles que estiverem nas oitavas recebem 60 pontos e nas quartas de final garantem 80.

A Copa Ivory (de 28 de novembro a 1º de dezembro) e a Copa Neumarkt de Tênis, que acontece de 29 de novembro a 1º de dezembro, também em Blumenau (SC), marcam o encerramento do calendário anual do esporte da FCT e da Confederação Brasileira de Tênis (CBT). Já em janeiro de 2020, a FCT se prepara para a realização da Copa Abertura.

Sobre a FCT
Responsável pela realização de eventos que disseminam informações sobre o esporte e incentivam a prática da modalidade no estado, a Federação Catarinense de Tênis (FCT) completa 65 anos em 2019. Só no primeiro semestre deste ano, foram realizados pela entidade dez eventos em diferentes municípios catarinenses, além de apoio a outras dezenas de programações que os clubes desenvolvem junto à FCT.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.