Tentativa de criar um factoide, diz Moisés sobre convocação a CPI Covid-19

Por Judson Lima

MATEANDO – O governador Carlos Moisés da Silva confirmou através do twitter que vai prestar todas as informações referentes ao combate à pandemia em Santa Catarina, bem como o resultado de quaisquer investigações da Polícia Federal, MPF, MPSC e decisões judiciais, serão encaminhadas ao Senado Federal para auxiliar nos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito.

Ele descreveu o requerimento convocatório oficializado junto a CPI da Pandemia para ele depor, protocolado pelo senador Jorginho Mello como “tentativa de criar um factoide”.

Para o governador a sua convocação é uma “tentativa de criar um factoide por parte de um dos integrantes, que até agora pouco tem acrescentado aos trabalhos”, ele segue afirmando que isso “não será suficiente para desvirtuar a Comissão de seu verdadeiro papel. Assim, sigo à disposição para contribuir”.

Twitter do governador Moisés

Além da convocação para prestar esclarecimentos por parte do governador Moisés, sobre o caso da compra dos 200 respiradores adquiridos com a Veigamed, o requerimento do senador Jorginho requer o chamado do ex-secretário da Saúde Helton Zeferino, do ex-secretário da Casa Civil e da servidora Márcia Pauli.

No meio da fronte, está a população que ainda não viu o retorno dos valores de seus impostos desviados pela quadrilha criminosa citada pelo MP, que fez manobra para a compra dos respiradores no momento crítico da pandemia no estado.

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.