IMG-20210628-WA0344
Arte Vacinação - indailal
PlayPause
previous arrow
next arrow

Startup criada por alunos de Administração da Udesc lança aplicativo de serviços de saúde

Por Comunicação da Udesc Esag

gulamania
Rodeio 35
PlayPause
previous arrow
next arrow

SANTA CATARINA – O empresário Leandro Silveira, CEO da Cottonbaby, tinha uma ideia de negócio, dinheiro e disposição para investir. Ele queria que as pessoas pudessem encontrar e contratar serviços de saúde como consultas e exames pelo celular, com a mesma facilidade com que se pede um carro ao Uber. Mas precisava de parceiros para tirar a ideia do papel. Em eventos do movimento de empresas júniores, que a Cottonbaby patrocina, achou a equipe ideal.

O time tem dois estudantes do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) – Gustavo Sagaz e Igor Granato (Administração Empresarial) – e um da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) – Pedro Alencar (Sistemas de Informação). Com o empresário Leandro Silveira como CEO e investidor, eles criaram a Hero Medic, uma healthtech (empresa de tecnologia de serviços de saúde).

Segundo pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), cerca de 70% dos brasileiros não conta com proteção de plano de saúde particular. Entre eles, 55,2% dizem recorrer a médicos particulares. É esse o público que o Hero Medic quer atender em um primeiro momento.

Aplicativo

Em 20 de fevereiro, a startup lançou o aplicativo Hero Medic, que já pode ser baixado em celulares com sistemas Android (Google) e iOS (Apple). O app permite encontrar profissionais de saúde na Grande Florianópolis usando um sistema de busca com tecnologia elastic search, em que não é preciso saber o nome da especialidade do profissional, como é comum em sites médicos. É possível procurar pelo nome popular de uma doença ou um sintoma, por exemplo.

Pelo aplicativo, o usuário pode agendar a consulta, conversar com o consultório médico via chat e pagar o serviço com cartão de crédito. “Em breve o aplicativo terá outras funcionalidades, como marcação de exames e uma pasta onde o paciente e o profissional podem armazenar todo o prontuário do paciente (receitas, resultados de exames e outros documentos), um acesso que é direito do paciente, de acordo com o código de ética médica”, explica Gustavo Sagaz, gerente de marketing e comunicação da Hero Medic.

O aplicativo também agiliza o atendimento em casos de emergência. “O usuário guarda todas as informações médicas essenciais para salvar a sua vida e o app gera uma imagem para ser colocada na tela de fundo do celular. Dados como tipo sanguíneo, alergias, doenças crônicas e até mesmo se a pessoa é doadora de órgãos, podem ser visualizados pela equipe de atendimento caso o paciente não consiga se comunicar”, acrescenta Sagaz.

Usuário no controle

A ideia é humanizar a relação entre paciente e profissional. “Quando o usuário do serviço de saúde tem acesso a todo o seu histórico, com comentários de quem o atendeu, pode tomar melhores decisões e procurar outras opiniões quando achar necessário”, afirma Igor Granato, gestor de operações da healthtech. “Queremos que ele seja ‘dono’ da própria saúde e o app é um meio para facilitar isso”.

A empresa também se preocupa com a segurança do usuário, tanto na escolha dos profissionais pelo aplicativo quanto em relação às informações médicas. “Os dados são armazenados no Amazon Web Services (AWS), que usa um sistema de criptografia ponta a ponta, de modo que nem nós temos acesso, apenas o profissional de saúde e o paciente”, explica Granato.

Além disso, todos os profissionais passam por um processo de checagem antes de serem aceitos para cadastro na plataforma, garantindo a confiabilidade do serviço prestado.

Baixe o aplicativo Hero Medic para Android e iOS.

Saiba mais sobre o aplicativo em heromedic.com.br

você pode gostar também
Lock colchões
Center Celulares
PlayPause
previous arrow
next arrow
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.