IMG-20210628-WA0344
UNIMED---50-anos
Banner Indaial
1200 x 100 (3)
PlayPause
previous arrow
next arrow

Coronavírus: Segurados são dispensados da perícia médica presencial no INSS

Atendimento nas agências do INSS está temporariamente suspenso

gulamania
1200 x 100 (2)
PlayPause
previous arrow
next arrow

BRASIL –  Foram anunciadas,  novas medidas em função da pandemia do coronavírus no Brasil. A partir de agora, o INSS, em conjunto com a Perícia Médica Federal, dispensará o segurado da necessidade de comparecer em uma agência para a perícia médica presencial. Dessa forma, os segurados que fizerem requerimentos de auxílio-doença e Benefício de Prestação Continuada (BPC) para pessoa com deficiência devem enviar o atestado médico pelo Meu INSS, aplicativo ou internet. A medida tem por objetivo assegurar a saúde dos cidadãos, em especial a dos idosos.

Com relação ao encaminhamento de atestados ainda não está disponível, deve estar nos próximos dias sem prejuízos aos que tenham perícia agendada

Após o upload do atestado, o documento será recepcionado pela perícia médica, que fará as devidas verificações. A medida acelerará o processo de análise e evitará que milhares de pessoas se desloquem para uma agência. Vale destacar que, para quem já fez o requerimento, basta enviar o atestado pelo Meu INSS.

Com a medida, as agências estarão fechadas e um servidor estará de plantão, por telefone ou e-mail, para esclarecer eventuais dúvidas sobre o meu INSS. Serão disponibilizados para os segurados os telefones e e-mails das agências para que entrem em contato.

Vale lembrar que todas as medidas também se estendem ao segurado que tenha a covid-19, ou seja, em caso de requerimento do auxílio-doença, todo o processo deve ser virtual.

Os segurados que aguardam a análise do BPC (para pessoa com deficiência) também poderão receber um adiantamento de R$ 200, ou seja, com a medida, há a possibilidade de zerar a fila de requerimentos desse benefício, que hoje é de cerca de 470 mil à espera de análise. Contudo, a medida, para ser implementada, precisa de aprovação de projeto de lei que será enviado ao Congresso Nacional.

Outra medida que visa à segurança dos segurados é suspender a necessidade de cadastro no CadÚnico para receber o BPC.

Com todas essas medidas, o INSS, além de garantir a saúde dos segurados, que não precisarão mais ir às agências, pretende agilizar a análise dos requerimentos, uma vez que servidores que foram retirados do atendimento ao público serão realocados para a análise de requerimentos. O INSS espera que, nos próximos dias, grande parte dos servidores já estejam trabalhando na análise, de forma remota. Nesse regime de teletrabalho, cabe destacar, há metas de desempenho a serem cumpridas, o que garantirá ao segurado maior agilidade na análise dos requerimentos.

Segurança para os cidadãos

É importante destacar que os segurados não precisam sair de casa, em especial os idosos, evitando, assim, a exposição ao risco de contágio. É possível acessar os serviços direto pelo Meu INSS, no site ou aplicativo para celular.

Outras informações 

Meu INSS: Perguntas Frequentes

Confira respostas às perguntas mais frequentes relativas a dificuldades para acessar o Meu INSS e seus serviços.

1) Como faço para ter acesso aos meus extratos e informações previdenciárias disponibilizadas no site Meu INSS?

Acesse o Meu INSS.

Escolha o serviço ou extrato que você deseja consultar.

Você precisa se autenticar (fazer login) no site, informando seu CPF e a senha que você criou.

Clique no botão FAZER LOGIN no centro da tela ou no botão LOGIN no canto superior direito da tela.

Primeiro Passo: Se é o seu primeiro acesso, faça seu cadastro e crie sua senha.

Na janela que se abre, clique no botão CADASTRE-SE. Após preencher com seus dados pessoais e responder as perguntas sobre suas informações profissionais presentes nas bases de dados da Previdência Social, uma senha inicial será fornecida. Anote a senha inicial. Ela será necessária para cadastrar sua senha definitiva. Em seguida, altere por uma senha definitiva de sua escolha.

2) Como responder as perguntas da autenticação?

As perguntas são utilizadas para identificar o cidadão e garantir segurança para gerar o código de acesso ao Meu INSS. Para respondê-las tenha em mãos documentos que contenham informações sobre seu histórico profissional, comprovantes de contribuição à Previdência Social, benefícios que possa ter recebido, como por exemplo, Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), carnês, Guia da Previdência Social (GPS), extrato CNIS.

3) Se eu não conseguir gerar a senha provisória o que faço?

  • Você pode aguardar 24 horas e realizar uma nova tentativa no site;
  • Você pode obter o código inicial do Cidadão.br no Internet Banking do seu banco, caso ele possua o serviço. Os seguintes bancos estão autorizados:
    • Banco do Brasil: Acesse bb.com.br > servicos > previdencia social > senha meu inss > nai
    • Banese: Acesse banese.com.br > Internet Banking Banese > Serviços > Gerar Senha Meu INSS – NAI
    • Banrisul: Acesse banrisul.com.br >Menu Serviços > Criar Código INSS
    • Bradesco: Acesse bradesco.com.br >Outros Serviços > Documentos > INSS – Cadastrar Código Inicial de Acesso ao Portal Meu INSS (NAI).
    • Itaú: Acesse itau.com.br > Previdência > INSS > Cadastrar senha inicial de acesso ao Portal Meu INSS
    • Mercantil do Brasil
    • Santander: Acesse santander.com.br > Outros Produtos > Demais Serviços > NAI – Núcleo de Autenticação Interbancária
    • Caixa: Acesse https://internetbanking.caixa.gov.br/sinbc/#!nb/login – Internet Banking CAIXA pelo computador > Acessar FGTS e Serviços ao Cidadão > INSS > Gerar Código de Acesso Serviço INSS
    • Sicredi
  • Ou ir até uma Agência da Previdência Social (APS), pessoalmente ou por meio de um(a) procurador(a)*, e solicitar a senha provisória para acesso ao Meu INSS. Você receberá a senha na triagem, não necessitando aguardar para ser atendido por um servidor. No seu primeiro acesso, você precisará trocar a senha recebida por uma senha definitiva.

*Mais informações sobre Procuração

4) Como trocar a senha provisória pela definitiva?

Após escolher o serviço ou extrato que você deseja consultar, clique no botão FAZER LOGIN no centro da tela ou no botão LOGIN no canto superior direito da tela. Na janela que se abre, informe o seu CPF e a senha provisória. Marque no quadrado Não sou um robô. Clique no botão ENTRAR. Você será direcionado para uma página para trocar a senha. Nessa janela informe:

  1. O seu CPF;
  2. Senha Inicial: a senha provisória;
  3. Nova Senha: uma senha criada por você, para utilizar toda vez que acessar o site;

Observação: a senha deve conter no mínimo 9 caracteres, e possuir letra minúscula, letra maiúscula e números. Exemplo de senha: Maria1985

  1. Confirmar nova senha: repetir a senha que você criou;
  2. Clique no quadrado Não sou um robô;
  3. Clique no botão ALTERAR.

Na mensagem “Senha alterada com sucesso!”, clique no link clique aqui.

Agora você irá se autenticar com a nova senha, que é a senha definitiva para acesso ao Meu INSS.

5) Como definir uma senha definitiva?

Você deve criar uma sequência de letras e números que tenha alguma lógica para você. Isso possibilitará lembrar-se da senha sempre que for acessar o site.

A senha definitiva deve ser formada por letras minúsculas, letras maiúsculas e números. Além disso, deve ter no mínimo 9 caracteres.

Letra minúscula: a, b, c, d, e, f…

Letra maiúscula: A, B, C, D, E, F…

Números: 1, 2, 3, 4, 5, 6…

Exemplos de senhas:
Maria1985
Bahia2018
Familia01

6) Não consigo gerar a senha porque aparece a mensagem “Existem divergências nos dados cadastrais”. O que isso significa?

Isso ocorre porque foi identificada uma simples divergência de dados cadastrais. Por exemplo: alteração no nome após casamento, data de nascimento divergente, etc. Nesse caso, basta comparecer a uma Agência da Previdência Social – APS, pessoalmente ou por meio de um(a) procurador(a)*, e solicitar a senha provisória para acesso ao Meu INSS. Você receberá a senha na triagem, não necessitando aguardar para ser atendido por um servidor. Caso haja necessidade de alterar os dados cadastrais para emissão da senha provisória, a ação será executada sem necessidade de prévio agendamento.

*Informações sobre procuração na página https://www.inss.gov.br/orientacoes/procuracao/

7) Ao solicitar um extrato, se aparece a mensagem “Não foi possível acessar o sistema. Verifique se os dados estão corretos.”, o que devo fazer?

Isso ocorre porque você está acessando uma versão antiga do site. O navegador de internet guarda o histórico dos sites que são acessados. Portanto, quando temos uma nova versão do Meu INSS, torna-se necessário limpar o cache de navegação.

Para isso, pode-se abrir uma janela anônima/privativa toda vez que for acessar o site ou limpar o cache do navegador de internet.

Recomendamos que para acessar o Meu INSS seja utilizado o navegador Google Chrome ou Mozilla Firefox.

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.