Sabiam que Veigamed não podia vender respiradores , porque não estão presos, diz Hobus

Por Judson Lima

POLÍTICA – O Deputado Estadual Milton Hobus foi taxativo “porque não estão preso”, ao denunciar o conteúdo gravíssimo na tribuna da Alesc, da cópia de um e-mail enviado pela empresa paulista Exxomed à Secretaria de Estado da Saúde avisando no dia 02 de abril que a empresa Veigamed não podia vender respiradores no Brasil, indicando que os aparelhos eram falsos e os preços estavam muito maiores, o secretário da Saúde de Santa Catarina, André Motta, foi avisado na ocasião.

Esse documento é muito grave porque mostra que o governador foi avisado que a empresa não iria fornecer os aparelhos e, mesmo assim, o pagamento foi feito no mesmo dia. Pior: depois de ter feito o pagamento, nenhuma medida foi tomada.

Por isso pedi ontem (20), o afastamento do secretário, como ocorreu com o ex-secretários Helton Zeferino e Douglas Borba. Os catarinenses precisam de respostas, diz Hobus.

Nota Esclarecimento Fábio Deambrósio Guasti           

O empresário Fábio Deambrósio Guasti, citado como um dos investigados na Operação Oxigênio, em Santa Catarina, aguarda ser ouvido pelo Ministério Público. Segundo a sua defesa, já foram feitas três manifestações à Promotoria que investiga os fatos para que ele seja ouvido e possa prestar os esclarecimentos necessários para comprovar a lisura da sua conduta na investigação em questão.

Abaixo o vídeo da denúncia de Milton Hobus na tribuna da Alesc :

Mais um escândalo em SC sobre respiradores fantasmas

Enquanto milhares de catarinenses estão perdendo seus empregos e enfretando uma crise de saúde, o governo de Santa Catarina aparece todos os dias em meio a escândalos. Até agora, não há respiradores, o dinheiro sumiu e o governador diz que não sabe de nada. Mas documentos comprovam que todos sabiam que esses respiradores não iriam chegar em nosso Estado.#respiradoresfantasmas #santacatarina #coronavirus #COVID19 #coronavirusbrasil

Gepostet von Milton Hobus am Mittwoch, 20. Mai 2020

 

você pode gostar também
1 comentário
  1. Cleber Diz

    No dia 02/04 ele mandou um comunicado dizendo que foi avisado em 03/04. Ele conseguiu voltar no passado?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.