A notícia além do olhar técnico!

Projeto TrapaPet está com inscrições abertas até 10 de julho

Podem participar do TrapaPet tanto pessoas com seus cães, como desacompanhada de um pet.

BLUMENAU – Transformar ambientes hospitalares e a rotina de idosos em casas de apoio através de atividades assistidas por animais. Essa é a missão do TrapaPet, projeto que integra a ONG blumenauense Trapamédicos e que atua desde 2013 na cidade. E para os interessados em fazer parte da iniciativa, uma boa notícia: o grupo está recrutando novos voluntários. As inscrições devem ser feitas através do site www.keeptalent.com.br até o dia 10 de julho.

Podem participar do TrapaPet tanto pessoas com seus cães, como desacompanhada de um pet. Os animais devem ser castrados, dóceis e com idade acima de 12 meses. Após preencher a ficha completa, os interessados participarão de uma seleção que será feita no dia 14 de julho. Na ocasião, serão avaliados tanto os voluntários como os bichinhos (nos quesitos saúde e comportamento).

Até 25 de julho será divulgada a lista com os selecionados e, no dia 28, eles passarão por uma integração e treinamento de formação. Para Marília Prado, coordenadora do TrapaPet, estas etapas são imprescindíveis para garantir o bom andamento do projeto. “É importante ressaltar que o nosso trabalho é muito sério e exige dedicação e comprometimento. Por isso, todos os processos são bem estruturados e acompanhados por profissionais capacitados, além da diretoria da ONG para que, assim, possamos continuar atuando de forma tão assertiva”, afirma.

Os voluntários selecionados iniciam as atividades com uma visita de observação em agosto, na categoria Pet Café com Leite (trainee).

Todas as informações estão disponíveis no guia de seleção dos voluntários, no site www.keeptalent.com.br. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (47) 3340-8088. Os Trapamédicos têm patrocínio da Unimed Blumenau, Hospital do Pulmão e Agrosul Catarinense – Royal Canin.

Sobre os Trapamédicos
Doutores em besteirologia que buscam transformar a rotina de quem está em tratamento. É assim que trabalham os voluntários do Trapamédicos, organização sem fins lucrativos que há mais de uma década atua em Blumenau (SC). Os palhaços de hospital levam semanalmente um clima de descontração para os pacientes que visitam e alertam: eles não querem fazer rir, mas deixar o dia a dia de quem passa por situações difíceis um pouco melhor e mais leve. Em 2013 o projeto ganhou uma vertical: o TrapaPet, em que os cães dos voluntários são treinados para realizarem visitas no Asilo São Simeão e também à Ala Psiquiátrica do Hospital Santa Catarina.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.