Professor Antenor Naspolini contribuiu com o plano de governo de Merisio

POLÍTICA – A coligação “Aqui é trabalho”, liderada pelo candidato ao Governo Gelson Merisio (PSD 55), tem mostrado o porquê deste nome. Além das soluções que apresenta para resolver as principais questões que afligem o estado, com conhecimento e domínio sobre os assuntos,conta com um time de especialistas para a elaboração do plano de governo.  

Entre eles, o renomado professor e sociólogo Antenor Naspolini, natural de Criciúma. Ganhador de vários prêmios internacionais, ele revolucionou a educação no Brasil no ensino fundamental. Foi escolhido pela Organização das Nações Unidas (ONU) para implantar o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) no Ceará. Um trabalho reconhecido que reduziu a mortalidade infantil e o analfabetismo. Atuou ainda internacionalmente como consultor da UNICEF em Angola, na África. 

“Se interrompêssemos uma aula há 100 anos e transportássemos o professor para os dias atuais, ele continuaria a aula do ponto em que parou e não perceberíamos a diferença. Precisamos encontrar novas formas de conexão entre o professor e o aluno, de ensino e aprendizado”, explica Merisio. “Uma de nossas propostas é investir no ensino médio e rediscutir os cursos técnicos em parceria com instituições, como Fiesc e Senac, com ferramentas que sejam mais atrativas ao estudante. Esse é o caminho para reformular o conceito de ensino, com uso de tecnologia”.

O candidato destaca ainda que valorizar o professor pela remuneração é fundamental no processo de transformação da maneira de ensinar. “É preciso resgatar a autoestima do docente e o interesse do aluno”, complementa. Quer conhecer o plano de governo completo do candidato Gelson Merisio (PSD 55) e os detalhes de suas propostas para a educação? Acesse: http://gelsonmerisio.com.br/wp-content/uploads/2018/08/Plano-de-Governo-AQUI-%C3%89-TRABALHO.pdf

Atuação nacional

Naspolini também foi professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), diretor da Escola Superior de Administração e Gerência (ESAG), vice reitor da Universidade Estadual de Santa Catarina (UDESC), coordenador do grupo de consultores do acordo MEC/Banco Mundial, Secretário do Planejamento do Ministério da Educação e Assessor do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Foi ainda secretário da Educação do Ceará – quando promoveu a reforma na educação básica, ampliando o acesso de crianças de 7 a 14 anos na escola e valorizando os professores.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.