IMG-20210628-WA0344
Arte Vacinação - indailal
PlayPause
previous arrow
next arrow

Polícia investiga violação de cemitério com furtos em cerca de 70 túmulos em Indaial

Por Judson Lima

gulamania
Rodeio 35
PlayPause
previous arrow
next arrow

INDAIAL – A Delegacia de Polícia Civil de Indaial abriu inquérito para apurar violação de mais de 70 sepulturas com furto de várias lápides, crucifixos, placas de identificação e outros objetos de arte tumular no Cemitério da Comunidade Evangélica do Warnow em Indaial.

As peças furtadas são produzidas com bronze, cobre, ferro fundido, granito e mármore, sendo são vendidas para compradores inescrupulosos que em sua maioria sabem que por se tratar de objetos sacros, são advindos de cemitérios e são oriundos de furtados, mesmo assim esses receptadores compram os produtos.

O Delegado Romildo Parno afirma que “infelizmente atos de vandalismo com furtos em cemitérios são corriqueiros, sendo difícil a investigação, e depois, mais difícil ainda prender alguém pelo furto”.

A ação delituosa que tem como alvo os cemitérios, já foram registradas nos bairros Nações, Mulde e outras áreas de Indaial.

Judson Lima/Foto:PM

Em 2020, segundo dados do Tribunal de Justiça, tramita na justiça vários processos de envolvidos com furtos e receptação de materiais subtraídos de cemitérios no Vale, Médio Vale e Alto Vale do Itajaí, em alguns casos , já houve condenação.

No caso ocorrido esta semana no Cemitério da Comunidade Evangélica do Warnow em Indaial, até o momento nenhum objeto foi recuperado.

 

 

 

 

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.