Slider

PM invade residência em SC, sem mandado, e leva mulher no camburão: “Estava cumprindo ordens” (veja o vídeo)

Por Judson Lima

SANTA CATARINA – Sempre fui ferrenho defensor da Policia Militar. Tenho grandes amigos na corporação e respeito imensamente o trabalho que fazem.

Eu sei que cumprem ordens, que agem conforme manda o Comando e o governo, mas isso NÃO JUSTIFICA.

Durante os julgamentos de Nuremberg, o que mais se ouvia é: “Estava cumprindo ordens”; como se isso fosse um salvo conduto para realizarem as atrocidades pelas quais estavam sendo julgados.

A função das Forças de Segurança é DEFENDER A SOCIEDADE; fazer com que a LEI seja cumprida. Não defender totalitarismo de ditadorezinhos de merda. É o POVO, afinal, não os governadores, quem paga vossos soldos.

Não se iludam. Assim como foram os vassalos do passado, os senhores, que se entregam à também serão julgados pela história. Estarão junto aos fiscais, que colaboram para que o povo passe fome; e aos vizinhos que, assim como aqueles da Alemanha do século passado.

Em Santa Catarina no final de semana estava em vigor decreto governamental que proíbe aglomeração de pessoas; realização de festas , etc, para evitar proliferação da Covid-19, a ocorrência aconteceu no bairro Barreiros em São José no sábado (13).

Um mulher levou tiro de borracha e três pessoas foram conduzidas à Delegacia.

O comandante do 7º BPM, tenente-coronel André Rodrigo Serafin, afirmou  que os policiais decidiram entrar na residência porque os participantes da festa teriam se recusado a baixar o som e encerrar o evento.

O comandante argumentou ainda que a entrada na residência foi justificada porque os envolvidos estariam em flagrante delito de perturbação do sossego e descumprimento das normas sanitárias em vigor no Estado

“Se uma lei é injusta, um homem está não apenas certo em desobedecê-la, ele é obrigado a fazê-lo”. (JEFFERSON, Thomas)

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.