IMG-20210628-WA0344
UNIMED---50-anos
Banner Indaial
1200 x 100 (3)
PlayPause
previous arrow
next arrow

Piso de R$ 5 mil para professores de Santa Catarina começa a valer na folha de agosto

Por Judson Lima

gulamania
1200 x 100 (2)
PlayPause
previous arrow
next arrow

MATEANDO – Após aprovação pelos Deputados da Alesc em dois turnos, por 33 votos a 1, a remuneração mínima de R$ 5 mil para professores com curso superior e jornada de 40 horas em Santa Catarina já vale na folha de agosto. Os retroativos a fevereiro serão pagos entre setembro e novembro. “Agora vamos trabalhar para descompactar a carreira”, comentou o governador Carlos Moisés

 

 

O Plenário da Assembleia Legislativa aprovou, na tarde desta quarta-feira (11), a proposta de emenda à Constituição (PEC) que estabelece remuneração mínima para o magistério público estadual em Santa Catarina. Com o resultado, a PEC 7/2021, de autoria do Poder Executivo, será promulgada pela Mesa Diretora da Alesc, o que possibilitará ao governo conceder o reajuste que deve beneficiar mais de 48 mil professores, entre ativos, aposentados e temporários.

A proposta foi aprovada em dois turnos, por 33 votos a 1. Ela estabelece três faixas de remuneração mínima. A primeira será de R$ 3,5 mil para os professores com formação em nível médio, na modalidade Normal. A segunda será de R$ 4 mil para quem tiver graduação com licenciatura curta. A terceira, de R$ 5 mil, atingirá professores com graduação com licenciatura plena ou graduação em Pedagogia, incluindo os pós-graduados. Os valores são retroativos a 1º de fevereiro deste ano.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.