UNIMED---50-anos
Banner Rodeio Saúde
Bella Cittá Rodeio
IINDAIAL cidade sul americana de desporto
Banner Natal Blumenau
PlayPause
previous arrow
next arrow

Parceria com instituições francesas deve promover projetos voltados ao desenvolvimento econômico no Vale Europeu

Resiliência, desenvolvimento econômico e turístico estão entre os temas de futuros projetos liderados pela Amve para retomada da atividade econômica.

gulamania
Banner Natal Blumenau
PlayPause
previous arrow
next arrow

SANTA CATARINA – Promover ações de desenvolvimento sustentável por meio da governança da resiliência e fomentar projetos voltados ao crescimento da atividade econômica. Estes são alguns dos assuntos que serão tratados nesta semana, durante visita do diretor de Inovação e Parcerias Estratégicas do Instituto Mediterrâneo de Risco para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento Sustentável (Imredd), Paulo Moura, a Blumenau. De quarta (3) a sexta-feira (5), prefeitos e lideranças políticas e empresariais vão se reunir para discutir parcerias em torno da inovação, da resiliência e do desenvolvimento econômico.

Durante os três dias, o diretor do instituto francês terá reuniões com a Associação de Municípios do Vale Europeu (Amve), Universidade Regional de Blumenau (Furb), prefeitos, Prefeitura de Blumenau, Centro de Inovação e demais instituições interessadas. O intuito é dar andamento ao convênio assinado com a Amve, em 2019, que prevê planejamento na área de gestão de riscos e resiliência, como também iniciar novas iniciativas voltadas ao desenvolvimento econômico da região como alternativa de minimizar os impactos provocados pela pandemia.

Conforme o presidente da Associação, Kleber Wan-Dall, prefeito de Gaspar, novos alinhamentos devem ser feitos nos próximos meses para fomentar o desenvolvimento econômico sustentável regional por meio da governança da gestão de riscos e da resiliência. “Todas as instituições envolvidas são grandes parceiras e a união de esforços em prol de objetivos comuns vai contribuir para que nossa região se fortaleça e continue promissora”, ressalta o presidente da Amve.

Durante sua passagem por Blumenau, Moura terá ainda reuniões de planejamento e alinhamento da parceria internacional com a equipe envolvida no acordo internacional, prefeitos e secretários municipais, como também visita ao Samae de Blumenau, ao Centro de Inovação e à Furb. Além disso, Moura vai proferir a palestra Instituto de Inovação e Parcerias para o Desenvolvimento Sustentável: o case da metrópole de Nice-França, dia 3 de novembro, às 16 horas, no auditório do Centro de Inovação Blumenau. A palestra é gratuita e aberta a todos os interessados.

Parceria internacional

Assinado em novembro de 2019, o acordo de parceria entre Amve, Furb e as instituições francesas Universidade Costa Azul (UCA) e Imredd prevê ações voltadas à gestão de riscos e resiliência no Vale Europeu. Por meio da parceria foi possível a elaboração de um diagnóstico na área de resiliência a riscos naturais nos 14 municípios da Amve, a fim de verificar as condições de cada município no gerenciamento de riscos, como também, futuramente, promover projetos de troca de conhecimento, tecnologia e gestão da proteção e defesa civil dos municípios.

Em 2020, com a mudança do cenário mundial em função da pandemia de Covid-19 e os respectivos impactos econômicos e sociais sofridos pela região, o acordo de parceria firmado entre Amve, Furb, UCA e Imredd passou a discutir alternativas de fomento do desenvolvimento econômico sustentável regional por meio da gestão da resiliência. A perspectiva é que este tema seja trabalhado em quatro pilares: informação e análise, exposição ao risco, resiliência setorial e fomento da atividade econômica. A partir dessa nova proposta, a gama de parceria foi ampliada e novos rumos serão discutidos e planejados durante esta semana de visita do diretor Paulo Moura na região.

O assunto será ainda tratado na assembleia geral de prefeitos, na quinta-feira, dia 4. “Todos nós, gestores públicos, estamos buscando alternativas que possam contribuir para a retomada da economia e a manutenção da qualidade de vida de nossa população, que ainda vivencia os prejuízos causados pela pandemia”, finaliza o presidente da Amve.

 

Fonte: Comunicação Amve

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.