IMG-20210628-WA0344
UNIMED---50-anos
Banner Indaial
1200 x 100 (3)
PlayPause
previous arrow
next arrow

Operação em Indaial mira crime de estelionato por adulteração do medidor de energia elétrica

Por Judson Lima

gulamania
1200 x 100 (2)
PlayPause
previous arrow
next arrow

INDAIAL – Uma operação realizada em diversos bairros da cidade de Indaial investiga adulteração em medidores de energia elétrica, pelo menos um caso foi identificado no bairro Tapajós, onde a residência tinha adulteração no medidor de energia elétrica.

A ação realizada pela Delegacia de Polícia de Indaial, contou com o apoio das Centrais Elétricas de Santa Catarina (CELESC) e do Instituto Geral de Perícias (IGP).

O “relógio de luz” adulterado foi apreendido e será encaminhado ao Instituto Geral de Perícias (IGP). Um inquérito policial foi instaurado para apurar os fatos.

As ações de investigações continuarão na cidade. O medidor de energia elétrica também é conhecido popularmente como relógio de luz.

Vale lembrar que a 5ª turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) classificou como crime de estelionato a adulteração do medidor de energia elétrica. A adulteração faz com que os números do leitor girem mais devagar e não contabilizem o valor real do consumo.

A fraude é um ato cometido por consumidores que violam o sistema de medição para obter um registro de consumo menor que seu gasto real, enquanto o furto é praticado por quem não é consumidor e se liga clandestinamente à rede para receber energia, mais conhecido como “gato”.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.