IMG-20210628-WA0344
Arte Vacinação - indailal
banner_pertutti
PlayPause
previous arrow
next arrow

Museu do Imigrante reabre exposição “Ser Vitae”

Por Aline Brehmer/Ascom PMT

gulamania
Rodeio 35
PlayPause
previous arrow
next arrow

TIMBÓ – A partir desta terça-feira, dia 2 de março, o Museu do Imigrante reabre a exposição “Ser Vitae”, da artista Elys Regina Zils, que precisou ser interrompida no ano passado devido à pandemia da Covid-19. Agora, tomando todos os cuidados e seguindo os protocolos e medidas de prevenção e segurança (como distanciamento, álcool em gel à disposição, uso de máscara), a exposição irá acontecer até o dia 11 de abril.

Essa exposição apresenta 13 obras da artista através das quais, fazendo uso de metáforas visuais, o observador é instigado a repensar sobre. As figuras esboçadas em técnicas mistas, predominando o nanquim sobre papel, exploram a fusão do ser humano com o natural, a fim de repensarmos o nosso próprio natural, refletindo sobre sua natureza.

São imagens de SERES que traduzem nas linhas de suas fusões a vida, o SER, o ESTAR e o TORNAR-SE uno com seu passado e presente. Assim, a proposta é “Ser Vitae”.

Sobre a artista

Elys Regina Zils é natural de Indaial/SC. Possui graduação em Letras – Espanhol pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestrado em Estudos da Tradução pela PGET na mesma universidade. Realizou o curso de Desenho e Pintura na Fundação Indaialense de Cultura de 2001 a 2007 sob orientação do professor J. Nunes. Neste período participou de exposições coletivas, destacando-se a Exposição Arte Surrealista em Indaial com o artista J. Nunes, onde fora apresentada como um dos Novos Valores. Também realizou o curso de Xilogravura em Florianópolis com a artista Kelly Kreis, em 2012.

Apesar de valorizar todas as concepções estéticas, o Surrealismo é o movimento que mais lhe seduz e esse interesse influenciou em sua dissertação de mestrado que leva o título de “O inconsciente surrealista latino-americano. Tradução comentada de alguns poemas de Emilio Adolfo Westphalen”. Ademais, possui artigos acadêmicos publicados relacionados com o Surrealismo e poesia visual, além de poemas. Sua última exposição foi realizada em maio de 2016, na Casa do Poeta em Timbó/SC, na qual apresentou seu projeto Ser Vitae pela primeira vez em mostra individual.

você pode gostar também
Lock colchões
Center Celulares
PlayPause
previous arrow
next arrow
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.