MPSC inaugura sede administrativa nesta sexta-feira

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC

GERAL – Nesta sexta-feira (7/12) será uma data histórica para o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). Neste dia, a nova sede administrativa da Instituição será inaugurada. O ato público de apresentação do Edifício Ministério Público de Santa Catarina à sociedade está previsto para começar às 17h.

A nova sede abrigará todos os órgãos da Procuradoria-Geral de Justiça, o Colégio de Procuradores de Justiça, o Conselho Superior do Ministério Público, a Corregedoria-Geral do Ministério Público, 75 gabinetes de Procuradorias de Justiça e alguns órgãos administrativos.

Na cerimônia, os presentes serão convidados a conhecer as novas dependências, assim como as iniciativas da Instituição voltadas para a preservação do patrimônio cultural catarinense. A nova sede sediará também diversas iniciativas voltadas à valorização da cultura no estado catarinense como espaços expositivos. A Casa Bocaiuva, imóvel histórico que passou por um longo processo de restauração para que seja devolvido à sociedade como um Centro de Memória e Espaço Sociocultural. Na data da inauguração do novo edifício, a casa será apresentada aos visitantes, mas sua inauguração está prevista para 2019.

Um dos destaques da valorização cultural é o Espaço Arte Catarinense, que será lançado também no dia 7 de dezembro. Localizado no hall de entrada do edifício, o local servirá para divulgar o trabalho de artistas catarinenses que abordem em suas produções a história e cultura de Santa Catarina. O escolhido para essa inauguração foi o tubaronense Willy Alfredo Zumblick, reconhecido internacionalmente como o maior artista plástico catarinense que retratou, em suas obras, a história do estado. Em novembro foi assinado um contrato de empréstimo com a família Zumblick e a Prefeitura de Tubarão, que possibilitou o deslocamento de 22 telas pintadas por Willy para Florianópolis, onde será realizada a exposição “Zumblick – O Pintor da história catarinense”.

A previsão é de que até o dia 14/12 todos os setores e órgãos que ainda funcionam no Edifício Casa do Barão sejam transferidos por completo para o  Edifício Ministério Público de Santa Catarina. O processo de mudança entre as sedes começou no dia 15/10 e segundo o chefe do Setor de Mudanças, Marcelo Maria do Vale, a cada dia, quatro gabinetes de Procuradores de Justiça eram transportados. Resta ainda a mudança do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento (prevista para ocorrer no dia 03/12), da Secretaria do Conselho Superior (04/12), da Casa Militar (10/12), do setor de Reprografia (11/12) e por fim, da Coordenadoria de Comunicação Social no dia 14.

Acessibilidade

A nova sede atenderá todas as normas de acessibilidade. Cada andar conta com dois banheiros para pessoas com deficiência. O auditório, por exemplo, foi projetado de forma a abrigar espaços para pessoas com dificuldades de locomoção, obesas e que estiverem com cão guia e conta, ainda, com uma plataforma elevatória vertical para acesso de pessoas com mobilidade reduzida.

Reforma do edifício Casa do Barão

Com a ocupação da nova sede o edifício Paço da Bocaiuva, atual sede administrativa do MPSC, passará por ampla reforma – ainda sem prazo definido. Finalizada a reforma, as estruturas administrativas da PGJ, que hoje estão instaladas no Edifício Campos Salles, serão realocadas na atual sede do MPSC, sendo que as Promotorias de Justiça da Capital que estão localizadas no Edifício Vintage Executive Center poderão ocupar o Ed. Campos Salles, no qual já se encontram instaladas as Promotorias de Justiça da Coletividade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here