Slider

Morador de Timbó entre os mortos da tragédia da BR-376, em Guaratuba

Por Judson Lima

TIMBÓ – O pedreiro Daílson Ferreira Pimentel de 32 anos, morador da cidade de Timbó é uma das 19 pessoas mortas na tragédia da BR-376, em Guaratuba/PR, ocorrida na última segunda-feira (25), informou a Secretaria de Segurança do Estado do Pará ao site Vale do Itajai Notícias.

Daílson passou 20 dias com a família em sua terra natal, Belém, capital paraense e retornava ao município de Timbó, onde reside há alguns anos.

“A última lembrança foi que eu deixei ele lá, abracei, dei beijo na testa e peguei na mão dele e disse, mano, vai com Deus”, disse Cristiano Pimentel, irmão do Dailson.

O ônibus saiu de Ananindeua, no Pará, com destino a Balneário Camboriú, em Santa Catarina, mas o circular teve problemas mecânicos o que ocasionou a tragédia na altura do km 668, no trecho conhecido como Curva da Santa, na cidade de Guaratuba/PR por volta das 8h30, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O veículo, que pertence à frota da empresa TC Turismo, sediada em Ananindeua, levava 53 passageiros, segundo quatro menores de idade, segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Um avião que conduziu uma sobrevivente, 11 familiares e 18 urnas com os corpos das vítimas fatais aterrissou no aeroporto internacional de Belém às 00h20 desta quinta-feira (28), em voo fretado pelo Governo do Pará.

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.