Medida inédita no MDB Catarinense, filiados terão direito a voto na escolha do candidato do partido ao governo

Por Judson Lima

MATEANDO – O candidato do MDB ao governo catarinense para as eleições de 2022 será escolhido via prévias em que todos os filiados terão direito a voto. A medida, inédita, foi aprovada pelo diretório estadual do partido nesta segunda-feira (22), em Florianópolis. Três lideranças já colocaram seus nomes à disposição para representar o 15 nas urnas no ano que vem: o atual presidente, deputado federal Celso Maldaner; o senador Dário Berger; e o prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli.

— O slogan da nossa gestão à frente do MDB é “mais perto das bases”, então nada mais justo do que dar voz e vez aos nossos militantes. Independentemente de quem vença as prévias, tenho certeza de que vamos nos unir para voltarmos a governar Santa Catarina  — comentou Maldaner.

Berger e Lunelli também falaram como pré-candidatos, reforçando a importância de o partido assumir seu papel histórico de protagonista na política estadual. Todos os demais interessados em concorrer à indicação têm até o final de junho para se inscrever para as prévias, marcadas para 15 de agosto. Uma comissão eleitoral será formada para discutir as regras da disputa e a logística da votação, a ser realizada nos 295 municípios do Estado. O MDB tem cerca de 187 mil filiados em Santa Catarina.

A confirmação da realização de prévias altera também a renovação do diretório estadual, inicialmente programada para o final de maio. Havia a possibilidade, autorizada pela cúpula nacional em todos os Estados, de os mandatos vigentes serem prorrogados por mais um ano. Mas, por sugestão de Berger, igualmente aprovada pela maioria dos diretorianos presentes no encontro, a eleição da próxima gestão emedebista ocorrerá 60 dias após a definição do candidato do partido.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.