Médico é demitido por transgressão e infração em Indaial

INDAIAL – O médico anestesista e servidor público Ademir Danilo Zardo foi demitido do quadro pessoal da Prefeitura de Indaial por infração do artigo 103, inciso XIII e da transgressão do artigo 95, inciso IX da Lei Complementar 105/10, A portaria foi publicada no Diário Oficial na segunda-feira (30) e deve ser cumprida a partir de 01 de agosto de 2018.

A demissão de Ademir Zardo foi o desfecho de um caso que durava desde setembro do ano passado. No relatório final da Comissão do Processo Administrativo, foi indicada em parecer que tem 19 paginas, à exoneração do médico, nulidade de aposentadoria e providências junto ao Ministério Público.

O Processo Administrativo apurava irregularidades no descumprimento da jornada de trabalho, ausências injustificadas ou justificadas indevidamente, utilização de benefícios indevidos do médico e foi finalizado e entregue ao executivo no mês de abril.

O fato veio à tona com uma Comunicação Interna no mês de setembro do ano passado, mesmo assim, no mês de outubro foi concedida aposentadoria ao profissional, e somente no mês de dezembro foi aberto o processo que foi prorrogado por duas oportunidades.

Resta saber se as demais recomendações do relatório, como nulidade de aposentadoria e providências junto ao Ministério Público serão também atendidas pelo chefe do executivo.

Ademir Danilo Zardo é bastante atuante também na área política, ele é militante do PSDB há décadas e até o inicio do ano era o presidente da sigla em Indaial.

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.