Slider

Medicamentos e insumos estão acabando nas UTIs do Hospital Oase, diz médico

Por Judson Lima

TIMBÓ – Durante entrevista a NDTV nesta quarta-feira (03), o médico Ian Robert Rehfelnt, responsável pelas UTIs do Hospital Oase confirmou que somente existem insumos e medicamentos aos pacientes UTIs para mais dois dias.

Robert Rehfelnt afirmou que os  insumos como ampolas, anestésicos e neurobloqueadores, que são utilizados para as internações em UTI, estão acabando e que a previsão de entrega da próxima remessa de insumos é apenas para a próxima semana.

Os 37 leitos UTI Covid-19 estão lotados e uma alternativa estudada pelo município seria a abertura de mais leitos , porém o secretário de saúde Alfredo João Berri, comentou que o maior empecilho hoje é a falta de profissionais técnicos para contratar no mercado.

“Para abrirmos mais 10 leitos UTI Covid-19 precisamos de 25 a 30 técnicos de enfermagem , e hoje há uma carência de profissionais para trabalhar no setor Covid-19”, diz Berri.

Sobre a falta de insumo a direção do Oase corre atrás de alternativas para adquirir os materiais até o final de semana.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.