IMG-20210628-WA0344
UNIMED---50-anos
Banner Indaial
1200 x 100 (3)
PlayPause
previous arrow
next arrow

Maus-tratos contra animais é registrado em Blumenau

Por Judson Lima

gulamania
1200 x 100 (2)
PlayPause
previous arrow
next arrow

BLUMENAU – Um caso de maus-tratos contra um cão denominado Sudão foi registrado na Rua João Machado no bairro Progresso em Blumenau pela Polícia Militar na tarde desta segunda-feira (02), o dono de 35 anos do animal foi notificado pelo caso e levado a Delegacia de Polícia Civil.

Os policiais encontraram o cão de grande porte amarrado no sol, com várias feridas pelo corpo, em um local pequeno e cheio de fezes, Sudão estava amarrado, não possuía quaisquer condições de higiene, tendo fezes do animal mofada por vários locais, inclusive com cheiro forte.

Ao ser interceptado o homem que se apresentou como proprietário da casa , disse aos Pms que adotou o cachorro e que o cão é idoso e já estava doente, ele contou que também que comprou diversos remédios e pomadas na agropecuária para tratar o cão, porém, não conseguiu resolver que não teve condições de levar o cão ao médico veterinário, pois estava sem carro e ninguém queria levar o cão no veículo devido as feridas e perda de pelos.

Uma agende da Polícia Civil compareceu ao loca juntamente com uma equipe do Centro de Prevenção e Recuperação de Animais Domésticos – Cepread para avaliação.

O acusado foi notificado e deverá limpar o terreno, colocar telhado na casinha e levar no veterinário. 

Mesmo com o prazo estabelecido pelo Cepread, para regularização, conforme artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais (9.605/98), configurou crime de maus tratos, c/c lei 1.095/2019, que aumentou a pena para maus-tratos contra animais com reclusão de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda, sendo o acusado foi conduzido a Central de Plantão Policial para procedimentos pertinentes ao caso.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.