A notícia além do olhar técnico!

Matou a mulher e depois se matou na frente da avó

6

SEGURANÇA – A manhã de segunda-feira foi marcada por mais uma cena de violência contra a mulher que acaba em tragédia. Jhon Lenon Hipólito de Oliveira, 20 anos, atirou contra a esposa, Mariana Cristina dos Santos, 23, dentro do quarto do casal. Instantes depois, ele se matou na frente da avó.


A tragédia foi por volta das 6h, numa casa da rua José Lino Rocha, no bairro Meia Praia em Navegantes.

Foi a avó do rapaz quem chamou a polícia avisando sobre a desgraceira.

Quando a polícia Militar chegou ao local, encontrou o corpo de Jhon no sofá da sala. A arma, um revólver calibre 38, foi achada no chão.

O corpo da mulher foi encontrado no quarto do casal, em cima da cama.

Segundo a PM, Jhon disparou contra a esposa no quarto e depois foi até a sala, onde se matou.

Vó testemunhou

Antes de tirar a própria vida, ele conversou com a avó, de 67 anos. “Nossa vó, o que foi que eu fiz? Eu não queria ter atirado. Vou me matar”, teria falado.

Na sequência, a senhora viu o neto se matar. Os bombeiros chegaram a ser chamados, mas era tarde demais.

A polícia contou que o cara tinha diversas passagens pelo sistema da PM.

Jhon foi velado na capela do cemitério Jardim dos Florais, onde seria enterrado hoje.

Mariana foi velada na capela mortuária do São Vicente e a família ainda não tinha definido o local do enterro.

Esfaqueou a namorada no bairro São Vicente
E teve mais violência contra a mulher na madrugada de ontem. A outra baixaria aconteceu na rua dos Hibiscos, no bairro Cidade Nova, em Itajaí. O agressor E.F.R. foi preso dentro do banheiro da casa.

O cara contou à polícia Militar que, por volta das 9h, estava na casa da irmã, com a filha e a namorada. Houve um desentendimento e a mulher foi embora.

Lá pelas 11 da noite de domingo, ela foi até a casa do namorado para pegar a criança, porém E. não permitiu. Os dois discutiram de novo e, segundo o acusado, a mulher pegou uma pedra pra agredi-lo.

E. acertou uma facada na panturrilha da namorada. Os bombeiros foram chamados e socorreram a mulher.

O Conselho Tutelar foi acionado e ficou com a criança que tem um ano e seis meses. E. foi preso e levado à Central de Plantão Policial. A faca usada no crime foi apreendida.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.