Marido que agrediu constantemente mulher, inclusive com arma de choque, foi morto em Itajaí

Por Judson Lima

ITAJAÍ – Uma mulher de 36 anos, vítima constante de violência doméstica e depois de sofrer mais uma vez ameaças e agressões físicas, inclusive com uso de arma de choque, assassinou a tiros seu marido Éder Aparecido do Pilar de 36 anos na madrugada desta terça-feira (20) em Itajaí.

O caso aconteceu na Rua Lídia Souza de Paula, no bairro Santa Regina, onde a mulher disparou pelo menos cinco tiros para se livrar de mais uma agressão. Após o crime ela pegou os filhos e foi para a casa de um parente, acionando a Polícia Militar.

A PM informou que Éder Aparecido do Pilar tem passagens policiais pelos crimes de por porte ilegal de arma de fogo, adulteração de sinal identificador de veículo, tráfico de drogas e violência doméstica.

A residência onde ocorreu o assassinato, a PM encontrou um colete balístico, cem munições de calibre 9 mm, uma arma de choque, uma pistola calibre .45, e uma pistola calibre 9 mm.

A autora figurava como vítima em boletim de ocorrência por violência doméstica, ela foi ouvida na Delegacia de Polícia Civil pelo delegado Ricardo Saroldi Chaves que abriu inquérito para apurar o assassinato, e manteve ela presa, enquanto a justiça decide se ela responderá o crime em liberdade.

 

 

 

 

 

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.