A notícia além do olhar técnico!

Mais de 2 toneladas de maconha são apreendidas

SEGURANÇA – Polícia Civil apreendeu mais de duas toneladas de maconha em Garopaba, no Litoral Sul catarinense. Os pacotes com a droga foram localizados entre esta quinta e sexta-feira (15) escondidos dentro de um barraco, em um depósito e enterrados. Segundo a polícia, as apreensões fazem parte da série de desdobramentos da operação que prendeu recentemente três suspeitos de tráfico de droga na região.

Inicialmente foram localizados 1,550 quilos da droga dentro de um barraco de madeira. Nesta sexta, a polícia encontrou mais 200 quilos de maconha enterrados em um terreno e logo depois outros 400 quilos em um local que funcionava como depósito.

“A droga apreendida em Garopaba pertence tudo a uma mesma pessoa presa na sexta-feira (9) na Operação Quebrando a Banca. Ele vai ser responsabilizado por toda essa droga”, diz o delegado Walter Loyola, titular da Delegacia de Garopaba.

“Essa quantidade toda de droga apreendida, com certeza, é uma importante ação no combate ao tráfico na região”, diz o delegado.

Operação

“Tínhamos cinco mandados de prisões temporárias por tráfico e lavagem de dinheiro e cumprimos três. Um deles também foi autuado em flagrante porque estava com um revólver e outro por tráfico, estava com 22 quilos de maconha em casa. As toneladas pertencem a este preso”, afirma o delegado.

Polícia encontrou tabletes de maconha dentro de barraco de madeira em terreno em Garopaba (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Polícia encontrou tabletes de maconha dentro de barraco de madeira em terreno em Garopaba (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Polícia encontrou 200 quilos de maconha enterrados em Garopaba nesta sexta (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Polícia encontrou 200 quilos de maconha enterrados em Garopaba nesta sexta (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Já nesta sexta, por volta das 7h, a polícia encontrou a maconha enterrada em um terreno no mesmo bairro, mas o delegado não divulgou o local. Uma retroescavadeira foi utilizada pela polícia para desenterrar os tabletes.

Por volta das 12h, a polícia encontrou cerca de 400 quilos de maconha no mesmo bairro, em um local que funcionava como depósito. “Era um depósito que ele havia alugado para guardar drogas”, conta Loyola. Até as 12h20 a droga ainda tinha sido levada para pesagem oficial.

Polícia encontrou mais 400 quilos de maconha em depósito em Garopaba (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Polícia encontrou mais 400 quilos de maconha em depósito em Garopaba (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

No dia da operação, a polícia apreendeu na casa onde ele mora R$ 72 mil em dinheiro, uma caminhonete, um carro e uma motocicleta. “Ele ganha de R$ 3 a R$ 4 mil por mês. Tem os dois carros, a moto, duas casas, a que reside e uma sendo construída, uma mansão de quatros andares. Acreditamos que haja lavagem de dinheiro”, informa o delegado.

A investigação da Polícia Civil começou em dezembro, após a prisão de um homem no período de Natal também em Garopaba. Na casa dele, a polícia havia encontrado uma plantação de maconha. A partir desse suspeito, a polícia chegou aos presos na sexta.

O delegado não detalhou a idade dos presos, mas informou que são dois homens e uma mulher jovens. Um deles tem passagem pela polícia por tráfico. Todos negaram envolvimento com o tráfico e estão na unidade prisional avançada de Imbituba.

Polícia apreendeu R$ 72 mil na casa de suspeito de tráfico de drogas (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Polícia apreendeu R$ 72 mil na casa de suspeito de tráfico de drogas (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Outras apreensões de maconha

Ainda na quinta-feira (15) a polícia apreendeu cerca de 90 quilos de maconha em duas cidades catarinenses. Em Indaial, no Vale do Itajaí, um carro suspeito foi abordado pela Polícia Militar e nele foram encontrados uma sacola com 20 kg de maconha divididos em tabletes. Quatro suspeitos foram levados para a delegacia.

Dic de Joinville apreendeu cerca de 70 quilos de maconha (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Dic de Joinville apreendeu cerca de 70 quilos de maconha (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.