Mãe procura filha de 13 anos desaparecida desde sextafeira (11/01) em Pomerode

(Fonte:Oblumenauense/Foto:Reprodução)

POMERODE – Desde sexta-feira (11/01/19), a família de uma adolescente de 13 anos vive momentos de muita angústia. Ellen Cristina Heidorn Padia saiu de sua casa no bairro Testo Rega, em Pomerode, e não entrou mais em contato desde então.

A mãe dela, Jane Heidorn, viu a filha pela última vez às 7h daquele dia, quando foi trabalhar. Ao retornar para o almoço, Ellen não estava mais lá, nem sua mochila azul com detalhes em vermelho, além de várias roupas.

A jovem de pele morena e olhos castanhos, mede cerca de 1,65m de altura. Ela estuda na Escola Básica Municipal Almirante Barroso, em Pomerode, e está no período de recesso escolar, como todos os estudantes.

Jane disse que Ellen estava em contato com um rapaz que mora em Blumenau. Apesar de já ter trocado algumas palavras com ele, não o conhecia bem. Na noite de quinta-feira, ela escutou a filha falando “Nem vou contar para minha mãe, que está triste e brava”. Talvez era um indício do que iria acontecer no dia seguinte.

A mãe acredita que sua filha possa ter ido para encontrá-lo, mas não sabe onde mora. Apesar de Ellen ter levado o celular, não atende as ligações, nem retorna as mensagens do WhatsApp ou Facebook. Também foram contatadas amigas e amigos, além de outras pessoas de seu círculo pessoal, mas Jane não obteve nenhuma novidade.

Desesperada atrás de informações sobre o paradeiro da filha, ela mal tem dormido e se alimentado.

Segundo a mãe, sua outra filha que mora em Timbó (SC), teria sido informada pelo motorista de um aplicativo, que levou Ellen para o Parque Ramiro Ruediger na semana passada.

O homem reconheceu pela foto que está sendo compartilhada no Facebook. Ele também teria informado que um amigo dele viu a jovem em uma festa na noite de sábado (12) na região do Parque Vila Germânica, mas Jane não soube afirmar se era a Sommerfest.

Foi registrado um boletim de ocorrências e a expectativa é que com os compartilhamentos dessa matéria Ellen possa voltar para casa. Qualquer pista que ajude pode ser comunicado para a Polícia Militar pelo telefone 190 ou pelo Whatsapp (47) 99993-8910 (Blumenau).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here