UNIMED---50-anos
Banner Indaial
Banner Rodeio Saúde
Bella Cittá Rodeio
PlayPause
previous arrow
next arrow

Madeireira em Ascurra foi interditada após denúncias no Ministério Público do Trabalho

Por Judson Lima

gulamania
Banner Rodeio Saúde
PlayPause
previous arrow
next arrow

ASCURRA – A Polícia Civil da Comarca de Ascurra, em apoio à Vigilância Sanitária do Município de Ascurra e aos fiscais do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador – CEREST, participou de vistoria em uma empresa do ramo madeireiro, sita no Bairro Estação no dia (07), a fim de apurar denúncia recebida no Ministério Público do Trabalho.

Informações preliminares noticiaram que trabalhadores estariam exercendo suas funções sem registro em CTPS, sem equipamentos de segurança, em condições insalubres e sob “vigilância constante/coação” dos empregadores.

Outrossim, no dia 04/06/2021, uma trabalhadora que estaria laborando sem registro em CTPS, perdeu parte do dedo indicador da mão direita enquanto operava um maquinário, sem ter recebido treinamento e equipamento de proteção individual adequados.

Durante a inspeção foram constatadas várias irregularidades como a não apresentação dos laudos de saúde do trabalhador, não comprovação de treinamento dos operadores das máquinas, não comprovação do registro em CTPS dos trabalhadores que estavam no turno, e o desatendimento a diversas normas regulamentadoras.

Em razão disso a empresa foi interditada por medida cautelar, ao bem da saúde pública e dos trabalhadores, até a regularização perante os órgãos competentes, visto que não está cumprindo com as normas de segurança e saúde, sendo identificado durante a vistoria grave risco à saúde e segurança dos trabalhadores.

COLABORE COM A POLÍCIA CIVIL DE ASCURRA – DENÚNCIAS ATRAVÉS DO 047-9.9793-6769- SIGILO ABSOLUTO.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.