A notícia além do olhar técnico!

Liberação de primeiros quilômetros da duplicação da BR-470 fica para 2019

GERAL – O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) confirmou que a abertura dos primeiros quilômetros de pista duplicada na BR-470 ficará para 2019. Na semana passada, em evento organizado em Blumenau, o superintendente do Dnit em SC, Ronaldo Carioni Barbosa, disse que existia a possibilidade de que um trecho de oito quilômetros entre Gaspar e Ilhota fosse liberado até o fim do ano, permitindo que o trânsito no sentido Litoral-interior já ocorresse em pista duplicada neste trecho.

No entanto, segundo o Dnit, a liberação não será possível este ano e ficará para 2019. O engenheiro João Vieira, responsável pela duplicação no Dnit, explica que o que impediu a liberação foi o impasse com a disparada no preço do asfalto, que atrapalha obras em todo o país e impactou também os contratos do Dnit. Segundo o engenheiro, os reajustes nos valores do insumo para pavimentação causou um descompasso que está sendo resolvido com o órgão e as empresas.

– A liberação está bem próxima de acontecer, o volume de serviço que falta é pouco. Não gosto de dar prazos, mas se não tiver problema nenhum, em 60, 80 dias no máximo a gente deixa aquele segmento em fase de entrega – projeta o engenheiro.

Para 2019, o engenheiro aponta que a obra vai ter sequência com viadutos em Ilhota e Gaspar, que já estão em andamento, e com trabalhos em áreas liberadas nas últimas semanas por novas desapropriações negociadas pela Justiça Federal.

– É um governo novo. A promessa é de que ano que vem vai ser bom para nós, o ministro dos Transportes é prata da casa, do Dnit. A esperança é de que seja um ano bem bom para nós do Dnit, e, consequentemente, para a duplicação da BR-470.

Obras param a partir desta quarta-feira nos quatro lotes

As obras de duplicação entram em recesso nos próximos dias. No lote 1, de Navegantes a Ilhota, os trabalhos param no próximo dia 21 e retornam em 4 de janeiro. No lote 2, de Ilhota a Gaspar, o intervalo sem funcionários e máquinas na rodovia será de 19 de dezembro a 7 de janeiro. Nos lotes 3 e 4, de Gaspar a Indaial, o recesso ocorre de 21 de dezembro a 7 de janeiro.

Desvios registram acidente e exigem atenção de motoristas

Nesse período, não haverá obras, mas os desvios existentes no trecho em obras continuam ativos. Um dos exemplos é o trecho no Km 39, próximo à entrada da localidade Sertão Verde, em Gaspar. Nesse local, no sábado houve uma colisão entre dois caminhões e, na manhã desta terça, outro caminhão se envolveu em um acidente.

Também há desvio na região do Km 40, próximo ao Loteamento Arábia Saudita. Por isso, e sem a previsão de liberação de trechos duplicados ainda este ano, a recomendação aos motoristas é de atenção constante ao passar por esses trechos nesse período de fim de ano, quando o fluxo de veículos aumenta.

Evolução das obras:

Lote 1

Navegantes – Luiz Alves (Km 0,0 ao Km 18,61)

Evolução: 39,88% executado

Lote 2

Luiz Alves – Blumenau (Km 18,61 ao Km 44,87)

Evolução: 66,52% executado

Lote 3

Blumenau (Km 44,87 ao Km 57,78)

Evolução: 14,95% executado

Lote 4

Blumenau – Indaial (Km 57,78 ao Km73,18)

Evolução: 1,88% executado

Fonte: Dnit

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.