banner dengue indaial
Banner Rodeio
PlayPause
previous arrow
next arrow

Lewandowski nega pedido para investigar Lula por incitar militantes a irem às casas de parlamentares e familiares

Por Judson Lima

banner camara timbo maio
banner camara blumenau maio
banner chutze
banner_olia
banner Gula Mania
PlayPause
previous arrow
next arrow

BRASIL – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, negou na quarta-feira (27) um pedido feito por deputados federais para investigar o ex-presidente e ex-presidiário Lula (PT) por incitar militância a pressionar parlamentares e suas famílias em casa.

Em evento no começo deste mês, o petista afirmou que, em vez de ir a Brasília fazer atos públicos, os trabalhadores e movimentos sindicais deveriam “mapear” o endereço de cada deputado e comparecer em sua porta, com um grupo de 50 pessoas, para “incomodar” a sua “tranquilidade”.

Ao STF, os deputados alegaram que a manifestação de Lula foi antidemocrática e que ele “praticou o crime previsto de incitação à abolição violenta do Estado Democrático de Direito e perseguição”.

Eles também pediram que o petista fosse obrigado a manter distância mínima de 300 metros de “qualquer parlamentar, de suas residências e da sede do Congresso”.

Ao negar o pedido, Lewandowski afirmou que Lula não tem foro privilegiado e disse que a reportagem citada no pedido de investigação feito pelos deputados “se limita à transcrição de alguns poucos fragmentos de declarações supostamente proferidas durante evento de caráter político eleitoral, de resto totalmente descontextualizadas”.

 

Fonte: TerraBrasilNoticias.com.br

você pode gostar também
banner dengue indaial
banner chutze
PlayPause
previous arrow
next arrow
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

..