Leilão do Hospital Beatriz Ramos é repudiado por Ivan Naatz na Alesc

Judson Lima/Foto:Alesc

INDAIAL- Representante do Vale do Itajaí na Assembleia Estadual, o Deputado Ivan Naatz líder do PV usou a tribuna da Alesc para repudiar a ação da justiça federal que determinou o leilão do Hospital Beatriz Ramos, único hospital de Indaial.

Em sua manifestação Naatz afirmou que “decisão da União de levar a leilão o prédio do hospital filantrópico da cidade são dois pesos e duas medidas”

“Ao mesmo tempo em que não reajusta a tabela SUS, a mais de 15 anos, manda a leilão um hospital público que atende toda uma região, inaceitável” completou o parlamentar.

Confira abaixo o vídeo com o pronunciamento do deputado:

Entenda o caso

O Desembargador Sebastião Ogê Muniz do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) confirmou sentença do juiz federal Leoberto Simão Schmitt Júnior, da 5ª Vara Federal de Blumenau, que determinou o leilão do terreno e do prédio do Hospital Beatriz Ramos de Indaial para pagamento de dividas tributarias e fiscais oriundas desde 2010.

As benfeitorias do H.B.R estão avaliadas em R$ 3.322.500,00 e Terreno avaliado em R$ 1.160.000,00. Totalizando o imóvel em R$ 4.482.500,00, o pregão de leilão está marcado para os dias 16/04/2019, 30/04/2019, 14/05/2019 e 28/05/2019.

Em suas arguições o desembargador Sebastião Ogê Muniz ponderou que existem ao todo 14 execuções fiscais promovidas da União contra o Hospital Beatriz Ramos,sendo que dentre essas, cinco estão suspensas por força de adesão a parcelamento.

A própria Associação Beneficente Hospital Beatriz Ramos ofereceu espontaneamente em 27/10/2016 a penhora do imóvel, apontou em outro trecho o desembargador.

Em sua defesa a direção do Hospital Beatriz Ramos argumentou que a provável perda da sede de seu estabelecimento hospitalar , que presta atendimento pelo SUS ,acabaria por deixar desassistida, na área da saúde, a maior parte da população de Indaial e constantes vítimas de acidentes na BR 470 que cruza a região.

Mas as argumentações não tiveram efeito e o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) determinou o leilão da sede do único hospital de Indaial em decisão proferida em 14 de fevereiro deste ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here