A notícia além do olhar técnico!

Laércio pode trocar de partido para viabilizar eleição

2

TIMBÓ – O ex-prefeito e atual assessor especial da Assembleia Legislativa, Laércio Schuster Junior, em busca de viabilizar seu projeto eleitoral para 2018, quando pretende concorrer a uma vaga no parlamento estadual, pode anunciar, nos próximos dias, a mudança de partido, saindo do PP e se filiando ao PSB, que a nível local tem como maior liderança o vice-prefeito Marcelo Ferrari e no estado o ex-deputado Paulinho Bornhausen, que buscará uma vaga ao Senado.

A migração partidária é praticamente certa, mas Laércio procura o momento certo de falar abertamente ao público, devido a sua tradição partidária no PP e a relação estreita com a família do ex-governador e atual deputado federal, Esperidião Amin.

Em conversas com a Redação do JMV, o ex-prefeito Laércio disse que manterá seu foco na aliança local, que o elegeu prefeito por duas vezes e deu sustentação ao atual prefeito, Jorge Krüger. “Qualquer mudança partidária de minha parte não representará qualquer ruptura com nossa aliança local, nem mesmo com meu atual partido. O que estamos pensando é em um projeto político regional, com a possibilidade de eleição de um representante na Assembleia Legislativa”, comentou Laércio.

Nas eleições estaduais de 2014, o PSB, que deve abrigar Laércio, elegeu um deputado estadual com menos de 15 mil votos. Laércio sabe que cada eleição tem suas particularidades e outras lideranças no estado podem pensar em aproveitar esta eventual possibilidade. Mas a saída do PP também está relacionada aos rumos incertos do partido em 2018. Laércio teme que o PP não esteja novamente na coligação que sustenta o atual governador Raimundo Colombo (PSD), a qual considera favorita para manter o poder nas eleições. Laércio avalia que Colombo realizou um bom governo e afastou o Estado de uma crise que assombrou o país nos últimos anos e isso será levado em conta pelo eleitor.

Se estiver na coligação com mais chances de eleição, Laércio, que tem relação estreita de amizade com o líder estadual do PSB, ex-deputado Paulinho Bornhausen, acredita que poderia ocupar espaços no governo ou até mesmo ser alçado a uma vaga na AL, caso esteja entre os primeiros suplentes. Para Laércio, o maior desafio político para ele será furar a barreira de estar na Assembleia e mostrar as vantagens que a região terá elegendo um deputado estadual. Durante o ano de 2017, Laércio foi assessor especial da presidência e já conseguiu muitos benefícios para a região. Se ocupar um assento no parlamento, sua influência será ainda maior.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.