IMG-20210628-WA0344
Arte Vacinação - indailal
PlayPause
previous arrow
next arrow

Justiça determina prisão do filho de vereador em Timbó por brutal assassinato

Por Judson Lima

gulamania
Rodeio 35
PlayPause
previous arrow
next arrow

TIMBÓ – O juiz Leandro Rodolfo Paasch determinou a conversão de prisão flagrante, em prisão preventiva de Mateus Scherer de 23 anos, apontado por investigações como autor do crime de assassinato, ele é filho do vereador Ivonir Scherer (DEM). Mateus, que segundo a Polícia Militar tem passagens pelos crimes de lesão corporal, perturbação, porte ilegal de arma de fogo, receptação e dano, espancou até a morte Geyson Mendes na noite do último sábado (27) em Timbó.

As investigações indicam um desentendimento, seguido por vias de fato entre Mateus e Geyson nas imediações do Beco Fritz Riske no bairro Pomeranos, com o envolvido alegando que teve a casa invadida, o que teria sido desmentido por testemunha. Na discrição dos policiais, consta ainda que populares se aglomeravam em torno da viatura da PM e SAMU no momento do atendimento, para comunicar que Scherer agrediu com vários chutes e socos Geyson, mesmo depois dele está desfalecido no chão, com características de brutalidade.

Geyson Mendes também tinha passagens pela Polícia pelos crimes de lesão corporal, ameaça, vias de fato, resistência, desacato, posse de drogas e violência doméstica

As investigações vão continuar com requisição de nossas diligencias, oitivas de testemunhas, para tentar esclarecer e fornecer subsidio suficiente para o Ministério Público fazer a pronuncia do indiciado. O Delegado Rafhael Souza Werling de Oliveira está presidindo o inquérito, ele afirmou a reportagem que “a Polícia Civil está realizando outras diligências complementares”.

A decisão proferida pelo juiz Leandro Rodolfo Paasch prevê que Mateus Scherer responda o processo preso, mas os advogados de defesa devem tentar solicitar liberdade provisória ou um habeas corpus para que ele possa responder pelo crime em liberdade, enquanto o processo estiver em andamento.

A reportagem do Vale do Itajaí Noticias tentou ouvir uma declaração do pai de Mateus, o vereador Ivonir, a respeito da prisão homologada de seu filho no caso de assassinato, mas o parlamentar não respondeu aos questionamentos.

 

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.