A notícia além do olhar técnico!

Justiça aceita denúncia do MP e motorista do Jaguar vira réu

GASPAR – O motorista do Jaguar envolvido em um acidente que matou duas jovens no dia 23 de fevereiro na BR-470, em Gaspar, virou réu. A juíza da Vara Criminal da Comarca de Gaspar, Camila Murara Nicoletti, aceitou a denúncia apresentada pelo Ministério Público, com base em investigação da Polícia Civil.

De acordo com a decisão da magistrada, emitida nesta quarta-feira, Evanio Prestini, 31 anos, vai responder processo por dois homicídios duplamente qualificados, por conta das mortes de Suelen Hedler da Silveira, 21 anos, e Amanda Grabner Zimmermann, 18. Além disso, o motorista vai responder por outras três tentativas de homicídio, já que havia mais três jovens dentro do carro que foi atingido pelo Jaguar.

Na denúncia, o MP apontou que Prestini assumiu o risco de cometer o crime e não deu chance de defesa às vitimas.

Agora, a defesa do motorista terá o prazo de dez dias para se manifestar a respeito das acusações imputadas a ele. A Justiça ainda deve marcar as primeiras audiências, para que todos sejam ouvidos em juízo. Após isso, ainda será definido se o agora réu irá a júri popular ou não.

CONTRAPONTO

A reportagem tentou contato com o advogado de Evanio Prestini, Cláudio Gastão da Rosa Filho, mas ele não atendeu e nem respondeu aos telefone, mas até as 22h10min e não respondeu aos telefonemas.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.