IMG-20210628-WA0344
UNIMED---50-anos
Banner Indaial
1200 x 100 (3)
PlayPause
previous arrow
next arrow

Jovem assassinada a tiros por engano durante acerto de contas entre criminosos

Por Judson Lima

gulamania
1200 x 100 (2)
PlayPause
previous arrow
next arrow

SANTA CATARINA – A jovem Marta Larissa de 26 anos, sem registro de passagens pela polícia, estava caminhando na Rua Dilma Virgilina Garcia no bairro Aventureiro em Joinville quando foi atingida por tiros disparados de um automóvel que passou pelo local no último sábado (03).

Familiares de Marta acreditam que ela foi morta por engano e a Polícia Militar conseguiu prender três elementos; um homem de 21 anos (possui passagens policiais por tráfico de drogas, tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo e posse de drogas), um indivíduo de 18 anos (possui passagens policiais por furtos, tráfico de drogas e posse de arma de fogo), e outro envolvido de 18 anos (passagem policial por fuga do lar), eles tentaram matar dois elementos em acerto de contas mais cedo no bairro Comasa.

Como Marta Larissa não tem registro policial, ela pode ter sido morta por engano.

Nas redes sociais e no sepultamento ocorrido neste domingo de páscoa, ocorreu comoção por causa do triste fato que ceifou a vida de uma inocente.

Com os envolvidos no assassinato foram apreendidas 2 pistolas calibre 380 e 7.65 mm, pequena quantidade de maconha e cocaína embalada para venda e munições 9mm, 7.65mm e 380. Os três detidos fazem parte de facção criminosa, diz a PM.

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.