A notícia além do olhar técnico!

Jogos Escolares da Juventude lançaram Programa de Carreira do Jovem Atleta

Curso vai oferecer aos atletas das categorias de base orientações sobre saúde, gestão do tempo, importância do controle financeiro, educação e prevenção ao doping

BLUMENAU – O Comitê Olímpico Brasileiro lançou ontem (17), nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), o Programa de Carreira do Jovem Atleta (PCA). Desenvolvido pela área de Desenvolvimento Esportivo e pelo Instituto Olímpico Brasileiro, o curso vai oferecer àqueles que já são destaques nas categorias de base orientações sobre saúde, gestão do tempo, importância do controle financeiro, educação e prevenção ao doping. Com 40 horas de duração, o PCA Jovem é realizado em plataforma de ensino a distância e tem como objetivo preparar o atleta, fornecendo conteúdo para que ele possa potencializar diversas habilidades, que contribuirão para o desenvolvimento da sua carreira esportiva.

O lançamento do PCA Jovem nos JEJ aconteceu de forma lúdica. Dois atores encenaram uma peça teatral sobre estudo e carreira no palco da área de convivência. A dupla também vai realizar diariamente esquetes surpresas sobre o conteúdo do curso, que vai abranger gestão de carreira; saúde; recuperação de lesão; nutrição; valores olímpicos; autoconhecimento; e organização pessoal.

Todos os atletas que passarem pela área de convivência dos Jogos vão poder realizar sua inscrição do PCA na Arena COB através do QR Code ou em tabletes disponibilizados no espaço. Para treinadores, o COB também oferece o Curso Básico de Gestão para Treinadores (CBGT). Tanto atletas como treinadores vão poder degustar um pouco do conteúdo dos cursos em um totem instalado no local.

Ambos os cursos – PCA e CBGT – terão duas edições em 2020. Uma turma no primeiro semestre e a outra no segundo, com 100 vagas cada uma.

“Com o Programa de Carreira do Atleta queremos dar ao jovem atleta informações e ferramentas para que ele possa estar melhor inserido no ambiente esportivo, aproveitando todas as oportunidades e suas próprias potencialidades. E não há nada melhor do que destinar esse curso para os atletas dos Jogos Escolares da Juventude, visto que é a maior competição estudantil do país”, diz Kenji Saito, gerente executivo de Desenvolvimento Esportivo do Comitê Olímpico do Brasil.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.