A notícia além do olhar técnico!

Ivan Naatz defende parcerias para alavancar o turismo regional em SC

O evento, inédito na região e que deverá se tornar anual, foi realizado no auditório do Pratas Thermas Resort & Convention.

POLÍTICA – União de esforços e parcerias entre o setor público e privado, investimento em infraestrutura, profissionalismo, além da criatividade para transformar potencial em produto turístico em todas as regiões catarinenses foram as principais recomendações do presidente da Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, deputado Ivan Naatz (PV), para alavancar ainda mais o turismo regional ao proferir nesta terça-feira ( 30) a palestra de abertura do 1º Fórum de Turismo do Vale das Águas, em São Carlos, no Oeste do Estado.

O evento, inédito na região e que deverá se tornar anual, foi realizado no auditório do Pratas Thermas Resort & Convention.

“Santa Catarina tem o turismo regionalizado mais diversificado do país em razão de sua rica diversidade geográfica, histórica e cultural, mas podemos avançar ainda mais num setor que já representa cerca de 13% do PIB catarinense se unirmos esforços em torno de parcerias e profissionalismo”, destacou o parlamentar. Ivan Naatz observou que o turismo das águas termais também faz parte deste mosaico diversificado, mas que necessita de maiores investimentos promocionais  em âmbito nacional. Neste sentido, defendeu a retomada da união dos três estados do Sul para um trabalho integrado de divulgação e consolidação de roteiros regionais.

Naatz disse ainda que o parlamento estadual tem contribuído para alavancar as parcerias público-privadas  e ampliar o debate para destravar fatores limitantes do setor por meio da Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Alesc, que tem promovido reuniões, audiências públicas e seminários  além da elaboração de projetos em conjunto com representantes do trade turístico catarinense.

Exemplificou o caso da redução progressiva das alíquotas do ICMS na querosene de aviação fruto de emenda de sua autoria ao projeto de incentivos fiscais do governo estadual, incluindo também
as contrapartidas exigidas das companhias aéreas para aumento de linhas e vôos  adicionais de acordo com a capacidade dos aeroportos regionais, o que poderá contribuir ainda na redução do preço das passagens para o turismo de eventos e negócios. “Estas e outras ações são exemplos de
ações que podem ser construídas de forma conjunta e estratégica, por isso, a Comissão de Turismo estará sempre aberta a sugestões e debates em torno do tema, incluindo o meio ambiente, indispensável para o turismo sustentável”, concluiu o deputado Ivan Naatz.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.