Vale do Itajaí Notícias
A notícia além do olhar técnico!
banner agosto Indaial
banner agosto Indaial
PlayPause
previous arrow
next arrow

IPTU Social concede isenção às famílias em vulnerabilidade social

BANNER CAMARA DE TIMBO JULHO
banner rodeio julho
BANNER SITE FESTA PER TUTTI 1200X200px
banner chutze
PlayPause
previous arrow
next arrow

BLUMENAU – Sancionada em novembro de 2017 pelo prefeito Napoleão Bernardes, a Lei Complementar nº. 1.162 concede às famílias em situação de vulnerabilidade social o abatimento total do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Para isso, as famílias devem ser beneficiárias dos Programas de Transferências de Renda, como o Benefício da Prestação Continuada (BPC), Bolsa Família ou Renda Cidadã.

De acordo com a Secretaria de Gestão Financeira (Segefi), além destes programas, somente terão direito ao benefício as famílias cujo valor venal total do imóvel não ultrapasse a quantia de R$ 23.673,40. Por isso, o primeiro passo é contatar uma das unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) para as orientações ou se dirigir à Prefeitura, segundo andar, sala 20, na Segefi.

Para ter direito ao benefício é importante estar de posse dos documentos, como a Certidão de Inteiro Teor do Imóvel (emitida nos últimos 12 meses); comprovante de residência; CPF e as cédulas de identidades de todos os integrantes da residência, entre outros. Segundo a Segefi, com os documentos apresentados, as famílias serão encaminhadas à Praça do Cidadão para a abertura do processo do IPTU Social.

 Entenda o IPTU Social

– Lei Complementar 1.162 que permite a isenção do IPTU às famílias em vulnerabilidade social no município desde que sejam assistidas pelos programas: Benefício da Prestação Continuada (BPC), Bolsa Família ou Renda Cidadã.
– Para ter direito ao IPTU Social, o valor venal total do imóvel não deve ultrapassar a quantia de R$ 23.673,40. (valor pode ser consultado no próprio carnê do IPTU).

 Orientações:
– Nas unidades dos Cras (mais próximas das residências).
– Segundo andar do prédio municipal, sala 20 (Segefi).

 Documentos necessários:
– Certidão de Inteiro Teor do Imóvel (emitida nos últimos 12 meses).
– Comprovante de residência (somente conta de energia elétrica).
– CPF e RG de todos os integrantes da casa.
– Documento atualizado do INSS que comprove do BPC.
– Documento atualizado que comprove o benefício do Bolsa Família/Renda Cidadã.

você pode gostar também
BANNER SITE FESTA PER TUTTI 1200X200px
banner chutze
banner rodeio julho
PlayPause
previous arrow
next arrow
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.