A notícia além do olhar técnico!

Inquérito aponta indícios de crime no caso da vereadora Laranja em Indaial

12

INDAIAL – O Inquérito Policial que apura suposta utilização de vereadora laranja nas eleições municipais de 2016 em Indaial já está no Ministério Público Estadual. O Delegado da Polícia Civil de Indaial concluiu o inquérito relatando a “existência de indícios da prática do crime de falsidade ideológica eleitoral”.

Durante os procedimentos foram ouvidos pelo Delegado Romildo Parno, o atual prefeito de André Moser (PSDB), o vice-prefeito Zelir Tirol (PSD) e o presidente do Partido Social Democrático (PSD) de Indaial, a secretaria de Saúde de Indaial Adriane Machado Ferrari e a denunciante Andréia Lang.

Em depoimento a denunciante reafirmou que recebeu R$ 2.000,00 (dois mil reais) em duas parcelas de R$ 1.000,00 (mil reais) cada, mais a promessa de que sua mãe permaneceria ocupando cargo comissionado na prefeitura de Indaial, desde que concordasse em se lançar como candidata a Vereadora Laranja pelo PSD, partido esse integrante da Coligação do PSDB nas eleições municipais em Indaial.

Nos próximos dias o Ministério Público Estadual por meio de sua Promotoria de Justiça aqui de Indaial, deve se manifestar optando por oferecer Denúncia, se entender que existem de fato elementos que apontem pela prática de crime, opinar pelo arquivamento do inquérito na hipótese de não existirem elementos mínimos para persecução penal, ou requerer ao juízo para que novas diligências investigativas sejam realizadas. Até o momento, pelo menos três pessoas já foram indiciadas no inquérito policial pela suposta prática do crime de falsidade ideológica eleitoral, previsto no artigo 350 do Código Eleitoral.

 

Judson Lima

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.