Vale do Itajaí Notícias
A notícia além do olhar técnico!
banner agosto Indaial
banner agosto Indaial
PlayPause
previous arrow
next arrow

Idoso perde R$ 370 mil para golpista em Taió

Por Judson Lima

BANNER CAMARA DE TIMBO JULHO
banner rodeio julho
BANNER SITE FESTA PER TUTTI 1200X200px
banner chutze
PlayPause
previous arrow
next arrow

SANTA CATARINA Uma mulher foi indiciada  pelos crimes de furto qualificado e estelionato , ela sacou 98 vezes dinheiro da conta bancária de um idoso , morador de Taió , a golpista ainda ludibriou outras 34 vezes a vítima que perdeu um total de R$ 370 mil reais entre entre setembro de 2019 a fevereiro de 2021, concluiu nesta segunda-feira (23) investigação inquérito da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Taió.

O inquérito Policial foi instaurado para apurar a ocorrência de furtos de valores praticados em contas bancárias de idoso. 

Ao longo da investigação, restou comprovado que uma mulher se aproximou de um casal de idosos, a pretexto auxiliá-los em seu dia a dia, contudo, durante cerca de um ano e meio, esta mulher teve acesso aos cartões bancários e senhas da vítima, causando um prejuízo de cerca de R$ 370.000,00 (trezentos e setenta mil reais).

A vítima possuía duas contas bancárias, em instituições distintas, e ambas foram descobertas por tal mulher, que se valendo da vulnerabilidade deste idoso, vítima de um AVC, aproveitou para limpar ambas as contas da vítima.

Não bastasse, após uma das contas terem sido zerada, a suspeita ainda contraiu seis empréstimos bancários em nome do idoso, e quando os valores oriundos de tais empréstimos foram depositados na conta da vítima, ela rapidamente efetuou o saque de tais valores para si.

Ao final da investigação, a suspeita restou indiciada pelos crimes de furto qualificado, por 98 (noventa e oito vezes), número de saques que realizou diretamente da conta do idoso no período compreendido entre setembro de 2019 a fevereiro de 2021), e estelionato – 34 (trinta e quatro), referente a saques realizados pelo próprio idoso e repassados a suspeita, após ter sido enganado por ela.

Por fim, informa-se que foi realizado um levantamento patrimonial da suspeita, contudo, nada foi localizado, o que pode indicar que ela dilapidou todo o dinheiro surrupiado da vítima.

O crime de furto qualificado possui pena de até 08 (oito) anos de prisão; e o de estelionato, pena de até 05 (cinco) anos de prisão.

você pode gostar também
BANNER SITE FESTA PER TUTTI 1200X200px
banner chutze
banner rodeio julho
PlayPause
previous arrow
next arrow
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.