Hospital Bom Jesus adquiri monitores e EPIs com destinação de recursos da segunda vara da Comarca de Ituporanga

Por Adriane Rengel

ITUPORANGA – O Hospital Bom Jesus (HBJ) recebeu na tarde desta terça-feira (04) novos equipamentos para melhorar ainda mais o suporte no atendimento aos pacientes COVID nesse momento de pandemia.

Com recursos de prestações pecuniárias referentes às transações penais executadas na Comarca de Ituporanga no valor de R$ 70 mil, foram adquiridos três monitores multiparametros para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e também uma boa quantidade em equipamentos de proteção individual (EPIs), como luvas, máscaras tripla proteção e máscara N 95.

A entrega dos equipamentos foi realizada pelo juiz da segunda vara da Comarca de Ituporanga Marcio Preis e o Promotor de Justiça Jaisson José da Silva que aproveitaram a oportunidade para visitar e conhecer as dependências da unidade hospitalar.

Foto: Hospital Bom Jesus

De acordo com o juiz de direito nesse ano foi feito um trabalho mais acentuado com relação a destinação dessas verbas que Comarca recebe por meio de penas de multas e a orientação até do Ministério Público era que os recursos fossem destinados para o combate a pandemia. “Então foi decidido em dar prioridade para o Hospital Bom Jesus para que o recurso pudesse dar suporte no atendimento de pacientes com Covid e hoje estamos aqui fazendo a entrega desses equipamentos que acreditamos que vai auxiliar no atendimento a toda a população da comarca”, justificou.

Os equipamentos foram recebidos pela Diretora do HBJ Irma Edelir Stupp, o médico responsável pela UTI Dr Daniel Ribas e o administrador hospitalar Fabiano Amorim. Para o médico intensivista esses equipamentos chegam em boa hora. “Esses monitores são fundamentais para o acompanhamento da evolução dos pacientes e não tínhamos equipamentos suficientes. Precisávamos remanejar monitores de outros setores”, explicou.

A diretora do HBJ reforça que o momento é de agradecer. “Só temos a agradecer pela destinação desse recurso por parte do poder judiciário de Ituporanga que possibilitou que pudéssemos complementar nossa estrutura de atendimento”.

Essa não foi a primeira vez que o HBJ foi beneficiado com recursos de penas pecuniárias. Em 2019 o Hospital recebeu o repasse de R$ 30 mil por meio da mesma parceria. Na época o recurso serviu para a compra de instrumentos para o Centro Cirúrgico do hospital.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.