A notícia além do olhar técnico!

Governo do Estado lança edital para investimento de R$ 4 milhões em pesquisa em Santa Catarina

Por Judson Lima

SANTA CATARINA – Em meio à pandemia de Covid-19 e necessidade de soluções apontadas pela ciência, o Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc), lança o maior edital para investimento em pesquisa em SC. Serão destinados R$ 4 milhões para contemplar até 200 projetos de todas as regiões. O lançamento será feito ao vivo nesta quarta-feira, às 17h, pelas redes sociais da fundação.

“O Governo se esforça, mesmo em período tão difícil, em investir em pesquisa, que é uma das nossas prioridades. Acreditamos que assim é possível tomar as decisões mais acertadas em diversas áreas. Com esse edital da Fapesc, a expectativa é trazer bons resultados para toda sociedade e cidadãos catarinenses”, reforça o governador Carlos Moisés.

Podem participar da chamada professores e pesquisadores com doutorado e que tenham vínculo com instituições de ensino e pesquisa públicas, comunitárias e privadas sem fins lucrativos. O prazo de inscrição começa nesta quinta-feira, 23, e vai até 23 de setembro. O edital completo poderá ser acessado em fapesc.sc.gov.br.

O Programa de Pesquisa Universal é o mais tradicional da Fapesc, realizado pela primeira vez em 2001 e teve sua última edição em 2014. Durante mais de uma década, apoiou 1.114 pesquisas, mais de 3,2 mil pesquisadores e resultou na publicação de cerca de 4 mil artigos e revistas científicas. Além de contribuir com 1,7 mil produções de pesquisas (trabalhos de conclusão de curso e iniciação científica), 800 produções técnicas (softwares e protótipos) e 700 apresentações em eventos e feiras.

O edital retorna agora como o maior investimento em pesquisa básica e aplicada de Santa Catarina. Cada projeto aprovado poderá receber de R$ 20 mil a R$ 80 mil para cobrir despesas como compra de equipamentos, insumos, melhorias em laboratórios e deslocamentos de pesquisadores.

O presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, defende o papel dessa chamada para produção de conhecimento científico e a busca de soluções para os problemas da sociedade, como os desafios gerados pela pandemia de Covid-19. “Para nós, estar disponibilizando R$ 4 milhões é muito importante porque mostramos o valor que a ciência representa para o Governo do Estado e para as instituições catarinenses. A fundação vai lançar outros editais nos próximos meses, mas o Programa de Pesquisa Universal, sem dúvida, é o mais importante para o ecossistema científico”, explica.

O diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fapesc, Amauri Bogo, destaca ainda que lançar esse edital, após cinco anos, mostra um grande comprometimento ao investir R$ 4 milhões em pesquisa, mesmo em um momento de crise mundial.  “Esse edital é uma demanda que envolve todas as instituições de nível superior e todas as grandes áreas de conhecimento. Isso oxigena o ecossistema e permite que a academia produza conhecimentos para alimentar também o sistema de tecnologia e inovação de Santa Catarina”, completa.

Para o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Rogério Luiz Siqueira, a difusão do conhecimento abre um leque de possibilidades e permite gerar valor agregado em novas formas de pensar, além de ganhos econômicos. “Incentivar o conhecimento compartilhado por meio da pesquisa nos leva para novos modelos de negócios e tendências como, por exemplo, a economia colaborativa. Vivemos um novo humano, buscamos um crescimento mais sustentável e tudo isso é embasado pela riqueza do conhecimento”, acrescenta.

Pesquisadores catarinenses

Segundo dados de 2016 da Plataforma Lattes, onde são registrados os currículos de todos os profissionais e estudantes envolvidos com pesquisa no país, Santa Catarina tem aproximadamente 11 mil pesquisadores. Destes, quase 6,8 mil possuem título de doutorado. O Estado conta ainda com 171 Programas de Pós-Graduação, que estão formando outros 3,5 mil doutores.

As inscrições podem ser feitas diretamente na plataforma da Fapesc.

Transmissão ao vivo

A Fapesc vai transmitir ao vivo, a partir das 17h, o lançamento do Programa de Pesquisa Universal e tirar dúvidas de pesquisadores. As perguntas serão respondidas pela equipe técnica da fundação.

Quem quiser participar, basta acompanhar na página do Facebook ou no canal do YouTube.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.