A notícia além do olhar técnico!

Fora de casa, Figueirense marca com um minuto de jogo e vence o Criciúma

ESPORTES – Diante do maior público do ano no Heriberto Hülse, 5,4 mil torcedores, quem saiu feliz foi o Figueirense, depois do 1 a 0 em cima do Criciúma na tarde deste domingo. O único gol do jogo foi com um minuto, e o visitante soube manter o equilíbrio para garantir a vantagem no placar, ampliando para 15 a sequência de jogos sem perder. O Tigre tentou, principalmente com boas chances no segundo tempo, mas saiu de campo com a quinta derrota no Catarinense, na vice lanterna.

Mal a bola rolou e o Figueirense já mostrou que queria estragar a festa tricolor dentro de casa. Na primeira chegada do visitante, a zaga afastou mal e a bola sobrou para João Paulo pela esquerda. O jogador mandou uma bomba, sem chances para Luiz, e abriu o placar com um minuto de jogo. O Tigre tentou reagir, primeiro com chutões para dentro da área, nada efetivos. Depois, pelas laterais, mas o Figueirense estava bem posicionado e o goleiro Denis não teve trabalho.

Com pouco mais de 20 minutos, o árbitro Rodrigo D’Alonso Ferreira expulsou técnico Argel, que voltou ao clube esta semana. Enquanto isso, o time do Estreito continuou na mesma pegada, com boa formação tática, e manteve o Criciúma dentro do seu esquema de jogo. O time de Milton Cruz, que veio a campo com cinco alterações, se adaptou bem às mudanças e não teve dificuldade em comandar a primeira etapa da partida.

No intervalo, o Tigre fez duas mudanças, em busca da reação tão necessária para sair da zona da degola. Alex Maranhão e Lucas Coelho deram mais volume de jogo lá na frente, mas a rede não balançou. Nino também tentou algumas vezes de cabeça, mas o Figueirense estava bem colocado em campo e conseguiu manter o placar. O resultado mantém o alvinegro na liderança.

Sequência de jogos

O Figueira poupou titulares pois na quarta-feira joga em casa pela Copa do Brasil contra o Atlético, pela terceira fase da competição. Já no domingo, recebe o Atlético Tubarão, também no Orlando Scarpelli, para a sequência do Estadual. Enquanto isso, o Criciúma tem uma semana livre para trabalhar, e no sábado vai até o Estádio Domingos Lima encarar o Concórdia.

FICHA TÉCNICA

Gol: João Paulo para o Figueirense, com 1 minuto.

Cartões amarelos: Pereira, Henrique Trevisan, Zé Antônio, do Figueirense. Jean Mangabeira, Carlos Eduardo, Mailson, do Criciúma.

CRICIÚMA – 0
Luiz; Carlos Eduardo, Sandro, Nino e Eltinho; Jean Mangabeira, Douglas Moreira (Alex Maranhão), Barreto (Luiz Fernando) e Elvis (Lucas Coelho); João Paulo e Maílson. Técnico: Argel Fucks.

FIGUEIRENSE – 1
Denis; Diego Renan, Eduardo, Henrique Trevisan e João Lucas; Pereira (Betinho), Zé Antônio, João Paulo, Felipe Amorim e Ferrareis (André Luis); Henan (Jorge Henrique). Técnico: Milton Cruz.

Arbitragem: Rodrigo D’Alonso Ferreira, auxiliado por Helton Nunes e Eli Alves Sviderski.

Local: Heriberto Hülse, em Criciúma.
Público: 5.445
Renda: R$ 74.020,00

Confira a tabela do Estadual
Confira mais notícias sobre o Campeonato Catarinense 2018

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.