A notícia além do olhar técnico!

Ex-Prefeito Jamir deve encabeçar chapa do MDB para eleições em Apiúna

Por Judson Lima

APIÚNA – O Movimento Democrático Brasileiro – MDB Apiúna anunciou que vai disputar a vaga deixada por Gerson Gonçalves, e conta com o nome do ex-prefeito Jamir Schmidt para encabeçar uma provável  chapa pura com o emedebista Germano Costa, mas informa que existem tratativas adiantadas com o partido dos Trabalhadores PT , liderado pelo vereador Jorge Bernardi

A nota cita que o diretório municipal da sigla que é capitaneado pelo presidente Roberto da Silva, o vice presidente Germano Costa e com apoio dos vereadores Clesio BernardiJose Domingos Hasckel,conhecido Brahma , o partido do MDB apiunense indicará candidatos determinados e firmes para o pleito de 15 de novembro 2020.

“ A composição para nominata de vereadores já está na fase de ajustes finos, temos bons nomes para apresentar, temos gente nova chegando, gente para contribuir com firmeza para a nossa cidade e também para as comunidades do interior “ aponta Germano Costa.

Já segundo o presidente Betinho, para a disputa ao Executivo, o MdB conversa em diversas frentes. “ Dentro do partido não se descarta uma chapa pura, há uma expectativa que a chapa poderia ser formada pelo Jamir Schmidt e tendo como seu vice o próprio Germano. Ambos são extremamente competentes no que fazem e podem fazer muito por nosso município. “  Ainda segundo o presidente, no partido também são cotados outros nomes como pré-candidatos e nem mesmo se descarta uma coligação como forma de apresentar uma alternativa próspera para a cidade.

Até final de agosto, muitas conversas estão sendo realizadas, com a equipe do PT as tratativas estão adiantadas. Sempre respeitando as regras de distanciamento, as conversas são individuais e até com uso dos meios eletrônicos para o diálogo com as lideranças partidárias.

Segundo os mdbistas, temas como baixa qualidade na aplicação dos recursos atuais do município, obras mal geridas, rumores fortes nas perdas futuras de recursos financeiro já conquistados juntamente com um sentimento da perda de interesse da atual gestão, colocam em pauta grandes discussões para o futuro pleito apiunense.

Os indícios de endividamento do município com financiamentos realizados e principalmente a falta de liderança da atual administração, demonstram uma cidade estagnada onde existe a necessidade clara de que os partidos apresentem nomes comprometidos e com capacidade de liderar o município.

Mais informações no Mateando com Judson Lima:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.