Empresa investigada por irregularidades em Apiúna, nova empresa será contrata para terminar obra

Por Judson Lima

APIÚNA – Após sete notificações e outros dois ofícios do fiscal de contrato nº 27/2020 , o prefeito de Apiúna Marcelo Doutel da Silva, determinou instauração de Processo Administrativo de Responsabilização através da Portaria Nº 00398/2021 com objetivo de averiguar, avaliar ou responsabilizar possíveis irregularidades na prestação de serviços da Empresa CONSTRUTORA F&F EIRELI, pela não conclusão da ciclovia no bairro São Luiz em Apiúna.

A empresa era responsável pela execução de ciclovia as margens da BR 470, com extensão de 1.800,00 metros, porém a obra está inacabada, causando transtorno aos moradores e transeuntes naquele trecho da cidade, informou o executivo ao site valedoitajainoticias.com.br

Segundo o Prefeito Marcelo Doutel haverá a contratação de uma nova empresa para realizar o serviço deixado de ser realizado dentro do prazo pela empresa investigada.

Foi ainda nomeado os servidores municipais Carolaine de Lima Bohamann, Carlos Alberto da Silva e Marileia Rezini Merini para formar a Comissão para Avaliação do respectivo Processo Administrativo de Responsabilização.

A comissão terá acesso a toda documentação necessária à elucidação dos fatos, bem como deverá colher quaisquer depoimentos e demais provas que entender pertinentes, tendo prazo de 180 (cento e oitenta) dias, para concluir o procedimento administrativo, dando ciência a Administração.

Foto:Judson Lima
você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.