Dois homens são condenados por homicídio qualificado

Assessoria de Comunicação do TJSC

SANTA CATARINA – Dois réus foram condenados em sessões do Tribunal do Júri feitas nas comarcas de Balneário Camboriú e Itajaí. No julgamento que teve início na manhã de quarta-feira (3/4), em Itajaí, um homem foi condenado ao cumprimento da pena de 16 anos e quatro meses de reclusão, inicialmente em regime fechado, por homicídio duplamente qualificado – motivo torpe e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima.

Ele golpeou a vítima no rosto com uma faca, causando-lhe um ferimento que resultou em morte; logo após, fugiu. O crime, que teria sido motivado por uma briga anterior, aconteceu na noite de 11 de fevereiro de 2008 no bairro Promorar II, em Itajaí.

O juiz Augusto Cesar Allet Aguiar, titular da 1ª Vara Criminal da comarca de Itajaí, presidiu o julgamento, concluído no início da tarde de quarta. Intimado, o réu não compareceu ao Tribunal do Júri.

 Na cidade vizinha de Balneário Camboriú, o acusado foi condenado à pena de 12 anos de reclusão por homicídio qualificado – uso de recurso que dificultou a defesa da vítima -, a ser cumprida em regime inicial fechado. O crime aconteceu no dia 27 de agosto de 2013, na avenida Marginal Oeste, em Balneário Camboriú. A vítima foi alvejada por quatro disparos de arma de fogo, recebeu atendimento médico, mas morreu em decorrência das lesões.

O crime também teria sido motivado por uma discussão ocorrida entre a vítima e o agressor. O julgamento foi presidido pelo juiz Roque Cerutti, titular da 1ª Vara Criminal da comarca de Balneário Camboriú. O réu também não esteve presente no julgamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here