A notícia além do olhar técnico!

Dívida milionária do Hospital Beatriz Ramos é negociada

Por Judson Lima

INDAIAL – A  Prefeitura de Indaial e o Hospital Beatriz Ramos, com atuação eficaz da PABST Assessoria Jurídica, que presta serviço ao Hospital, trazem uma grande notícia: a conquista do parcelamento das dívidas do Hospital Beatriz Ramos, que quase foi a leilão no ano passado.

Em 2019 o hospital chegou ao seu limite com aproximadamente R$ 18 milhões em dívidas, e se preparava para ir a leilão. Para evitar que a comunidade ficasse sem os importantes serviços do HBR, o Prefeito André Moser realizou uma intervenção, e a Prefeitura passou a administrar e a assumir a estrutura do hospital.

Judson Lima/Foto:Reprodução

As tramitações para a conquista do parcelamento iniciaram na semana passada e o deferimento final ocorreu nesta quarta-feira, dia 5. Destaque para o desconto de quase R$ 3 milhões conquistados na negociação. O parcelamento da dívida contraída nos anos de 2010 a 2017, com o não recolhimento de imposto de renda e débitos previdenciários inscritos em dívida ativa, foi parcelado pelo hospital, sendo que as dívidas previdenciárias têm um prazo de 60 meses para pagamento e as tributárias 145 meses.

O parcelamento da dívida facilitará o recebimento de recursos públicos para o hospital, assim como afasta o risco de possíveis leilões e o bloqueio de contas da instituição. “Assumimos a administração do Hospital com uma dívida de aproximadamente R$ 18 milhões e estamos pagando as contas em dia e ainda buscando cada vez mais recursos para aumentar a estrutura e melhorar a qualidade do atendimento. Agora conseguimos mais uma conquista, o parcelamento desta dívida antiga, que já estávamos trabalhando para isso ocorrer desde o início da intervenção. Mesmo se tratando de uma dívida do passado, anterior a nossa gestão, buscamos incansavelmente uma solução para tranquilizar a comunidade e trazer mais segurança ao Hospital. É uma imensa alegria como gestor poder compartilhar essa informação”, disse o Prefeito André Moser.

Mais informações no Mateando com Judson Lima:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.