IMG-20210628-WA0344
Arte Vacinação - indailal
PlayPause
previous arrow
next arrow

Ex-Diretor e ex-gerente do Samae Blumenau indiciados por crime de peculato, existiu até caixa 2

Por Judson Lima

gulamania
Rodeio 35
PlayPause
previous arrow
next arrow

BLUMENAU – Um ex-diretor do Samae , candidato nas eleições de 2020 foi indiciado pelo crime de peculato doloso, e um ex-gerente pelo crime de peculato culposo e foi constatado fortes indícios de crimes eleitorais praticados com esquema fraudulento de pagamento de horas extra no Samae Blumenau, com existência de caixa 2, essa foi a conclusão do inquérito Policial deflagrado a partir de denúncias no Ministério Público e Operação Soldo Inflado.

A Polícia Civil concluiu a investigação de suspeita de esquema ilegal de pagamento de horas extras a funcionários da SAMAE (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) na última terça-feira (30). A ação foi realizada pela 4ª Delegacia de Combate à Corrupção (DECOR/PCSC), que apurou que o objetivo era subsidiar a campanha política de um ex-diretor da empresa.

Segundo o Delegado de Polícia Lucas Almeida, ficou comprovado que houve pagamento descriterioso de horas extras e verba sobreaviso para funcionários, e um aumento significativo em 2020, quando houve pandemia e parte dos funcionários trabalharam em home-office. Também, verificou-se que parte desses pagamentos era destinados para um ex-diretor como “caixa 2” de campanha política, e que os cerca de 202 mil reais encontrados na casa do candidato eram decorrente da verba apropriada da SAMAE.

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.