Dez toneladas de camarão foram apreendidas pela Polícia ambiental

Por Judson Lima

SANTA CATARINA – Uma ação integrada entre a Polícia Militar Ambiental de Balneário Camboriú e o 1° Batalhão de Polícia Militar de Itajaí, resultou na apreensão de 10 toneladas de camarão, as cargas foram encontradas numa empresa e em um caminhão durante transporte, as diligencias ocorreram em Itajaí e Penha.

O indicativo de valor das multas nos dois casos chega à R$ 235 mil reais.

Judson Lima/Foto:Polícia Ambiental

Na primeira ação, os policiais militares ambientais, com apoio da guarnição do 1° Batalhão de PM Itajaí flagraram um caminhão transportando seis toneladas de camarão argentino, sem nota fiscal ou documento que comprovasse a origem. A carga foi apreendida e entregue a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) para destinação correta.

Em seguida, a guarnição deslocou até a cidade de Penha, onde em vistoria a uma empresa de pescado, encontraram espécimes de camarão, que se encontra no período de defeso, camarão argentino e outros produtos originários da pesca.

Os produtos não possuíam documento de origem, totalizando quatro toneladas. O material foi apreendido e a vigilância sanitária municipal dará o destino adequado.

A Polícia Militar Ambiental salientou que transportar e/ou comercializar pescados ou produtos originados da pesca, sem comprovante de origem ou autorização do órgão competente, é infração ambiental.

Denúncias? Ligue no 190 ou acesse o aplicativo PMSC CIDADÃO.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.