Deputados jovens sugerem que TRE informe passado criminal de candidatos

POLÍTICA – Os deputados jovens aprovaram Moção ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SC) para que disponibilize no portal da justiça eleitoral informações sobre os antecedentes criminais dos candidatos às eleições de outubro. A votação ocorreu durante a sessão ordinária da 24ª edição do Parlamento Jovem, realizada na noite de quinta-feira (5), na Assembleia Legislativa.

“É de interesse de todos os cidadãos o combate à corrupção e o conhecimento da história correta dos candidatos, assim haverá mais transparência na eleição”, sustentou a deputada Evelin Nátali de Matias, aluna do Colégio Adventista, de Florianópolis.

Também foram aprovadas duas emendas à Constituição do Estado: a primeira sugerindo a implantação de programa de orientação educacional nas escolas, proposta pelos deputados da EEB Paulo Blasi, de Campos Novos; e a segunda, de autoria dos parlamentares da EEB Djalma Bento, de Rio Rufino, determinando que a contratação de professor substituto fique condicionada à habilitação específica da disciplina a ser lecionada.

“Propomos uma semana vocacional nas escolas, para saber a área de estudo que o estudante irá desenvolver. Com 17 anos é difícil saber com certeza a profissão que se vai exercer”, ponderou o deputado Gabriel Henrique Carvalho, de Campos Novos.

“A falta de conteúdo dos professores substitutos prejudica os alunos e os professores que trabalham com conteúdos interdisciplinares”, afirmou Alessandro de Souza Santos, de Rio Rufino, acrescentando que a exigência promoveria a qualificação dos mestres.

“Precisamos de professores aptos, não queremos alguém que nos prejudique”, reforçou a deputada Eduarda Alexandre dos Santos, representante da EEB Colombo Machado Salles, de Três Barras, no Planalto Norte.

“O projeto é um incentivo para que os professores se formem, já o governo terá o papel de abrir as portas para a formação dos professores”, declarou Vinícius Olegário, representante de Rio Rufino.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.